• Outubro de 2017
Home / Notícias

Confiança do varejo cai 1% em novembro, informa a FGV

Rio, 27 - O Índice de Confiança do Comércio (Icom) caiu 1,0% em novembro na comparação com outubro, informou a Fundação Getulio Vargas (FGV), nesta quinta-feira, 27. Com o resultado, o Icom saiu de 111,7 pontos para 110,6 pontos no período. Trata-se do segundo menor nível de toda a série histórica, iniciada em março de 2010. O pior resultado foi registrado em setembro deste ano (108,5 pontos). O índice se mantém abaixo de sua média histórica, que é de 126,2 pontos. Em outubro, o índice havia tido alta de 2,9%.

"O resultado de novembro dá continuidade à tendência de queda da confiança do setor observada ao longo de todo o ano. Houve ligeira melhora da percepção com relação à demanda no mês, mas esta foi mais que compensada pelo pessimismo em relação aos meses seguintes, refletido no recorde negativo do Índice de Expectativas", avaliou o superintendente adjunto de Ciclos Econômicos da FGV, Aloisio Campelo, em nota.

O Índice da Situação Atual (ISA-COM) subiu 1,3% neste mês, para 85,3 pontos, após avanço de 5,3% em outubro. Já o Índice de Expectativas (IE-COM) diminuiu 2,3% em novembro, para 135,9 pontos (o menor nível da série), depois de registrar alta de 1,6% na mesma base de comparação.

A edição de novembro da Sondagem do Comércio é a primeira a trazer oficialmente dados com ajuste sazonal. Até então, o Icom era divulgado apenas com variações interanuais trimestrais. Como a série ainda é recente (iniciada em março de 2010), a FGV adiantou que vai revisar os resultados mês a mês, até que estejam mais consolidados. A coleta de dados para a edição de novembro da sondagem foi realizada entre os dias 03 e 21 deste mês e obteve informações de 1.204 empresas.