• Outubro de 2017
Home / Notícias

Intenção de compra no varejo para o Natal é a menor nos últimos 8 anos

O índice de consumidores que pretendem efetuar a compra de bens duráveis no último trimestre do ano (outubro a dezembro de 2014), o que inclui o Natal, é de 40,4%, segundo pesquisa realizada pelo PROVAR (Programa de Administração do Varejo), da FIA (Fundação Instituto de Administração).

Este índice é o menor nos últimos 8 anos, comparando o mesmo período (out-dez). Em relação ao ano passado (2013), representa uma queda de 6.4 p.p.

A amostra, composta por 500 consumidores da cidade de São Paulo, analisa a intenção de compra e de gasto em relação a diversas categorias de produtos (“Eletroeletrônicos”, “Informática”, “Cama, mesa e banho”, “Cine e Foto, Móveis”, “Telefonia e Celulares”, “Material de Construção”, “Linha branca”, “Vestuário e Calçados”, “Automóveis e Motos”, “Imóveis”, “Eletroportáteis” e “Viagens e Turismo”).

Qual é o ânimo? – Intenção de compras no Varejo

Entre os itens que serão mais adquiridos pelos paulistanos neste período estão: “Vestuário e calçados”, com 22%, “Viagens e Turismo”, com 17,2%, e “Telefonia e celulares”, com 8%.

Intenção de gastos no Varejo

Em termos das variações positivas esperadas de gastos relativamente ao 3º trimestre de 2014 registram-se: “Imóveis” (38,2%) e “Automóveis e Motos” (16,5%). As maiores variações negativas ficaram por conta de: “Eletroportáteis” (-53,2%), “Cama, Mesa e Banho” (-47,6%) e “Linha Branca” (-31,8%).

Segundo Claudio Felisoni de Angelo, presidente do Conselho do PROVAR/FIA, os resultados do levantamento reforçam a ideia da forte desaceleração do consumo em 2014. “Este cenário se apresenta desta forma devido a uma série de conjuntos: maior preocupação das famílias com a inadimplência, juros altos e inflação, mesmo com o recebimento do 13º salário”, afirma o especialista.

Intenção de compras na Internet

As intenções de compra na internet apresentam um leve avanço no período de outubro à dezembro de 2014, com aumento de 0.8 p.p., em comparação com o trimestre anterior, que era de 84,7%. Para o 4º trimestre, 85,5% dos entrevistados têm intenção de comprar produtos por esse canal. Entre os itens com maior intenção de compras no e-commerce estão: “Telefonia e celulares” (28,6%), “Informática” (26,6%) e, “Eletroeletrônicos” (25,3%).

Conhecimento sobre o Varejo

A atualização constante nas questões relativas à gestão e à evolução do comércio varejista é essencial para o profissional que almeja definir soluções eficazes e queira administrar com eficiência processos e estratégias para uma empresa vinculada ao varejo. E a melhor forma de atualizar esse conhecimento, é realizando cursos de MBA ou pós-graduação, que te permitem discutir conceitos e métodos adotados por várias empresas do setor, além de realizar trocas de experiências profissionais.