• Novembro de 2018
Home / Notícias

Notícias

Itajaí é o primeiro Shopping Center d...

Itajaí é o primeiro Shopping Center do Brasil a oferecer um ponto de retirada Pegaki

São Paulo, outubro de 2018 – Receber um produto comprado pela internet em um ponto de retirada em pleno shopping center já é possível no Brasil. A startup de logística Pegaki, que conecta e-commerces ao varejo físico para entrega de mercadorias, acaba de fechar parceria com o Itajaí Shopping, no Litoral catarinense. O empreendimento vai transformar um espaço em sua Central de Administração em um ponto de retirada da rede. Em todo o Brasil são cerca de 400 pontos de retirada da Pegaki, que já atingiu a marca de 20 mil entregas realizadas por meio de sua solução, o equivalente a 2 milhões em produtos. O objetivo é fechar 2018 com mil pontos de entrega.

O CEO e fundador da Pegaki, João Cristofolini, destaca que a operação de shopping center está totalmente alinhada ao mercado onde a Pegaki atua. Isso porque a rede busca pontos que sejam práticos, próximos e estratégicos para os clientes retirarem suas compras de e-commerces. Nesse sentido, nada mais convidativo que um shopping center.

"Estamos falando de um centro de compras, serviços e lazer que já é frequentado pelas pessoas rotineiramente. Além disso, é um espaço conhecido, seguro e que oferece facilidades como estacionamento. Sem dúvidas é um ponto de retirada que contribui com a missão da Pegaki de facilitar a entrega de produtos comprados online", analisa.

O fato de ser um centro com tantas opções de consumo e serviços também é uma característica de destaque, segundo o CEO. Ele acredita que isso é vantagem tanto para os clientes, que poderão aproveitar a ida ao shopping para outras atividades, como para os lojistas do centro comercial, que ganharão um fluxo de possíveis consumidores. "Em média, 30% dos clientes que passam no ponto para retirar suas encomendas, acabam comprando algum produto no estabelecimento. Em um shopping essa possibilidade é potencializada, uma vez que o local já é um destino de passeio para lazer e compras", afirma.

O superintendente do Itajaí Shopping, Michael Domingues, afirma que o serviço de retirada de produtos faz parte de uma ação estratégica do estabelecimento para inovar na oferta de operações de qualidade e práticas para o consumidor. Segundo ele, o shopping já tem essa cultura de oferecer serviços diversos, como lotérica, um posto da Polícia Federal e até uma unidade da Universidade Católica de Santa Catarina. "Ser um ponto de entregas do Pegaki reforça esse compromisso de oferta de serviços, além de abrir portas para estreitarmos relacionamento com os consumidores mais conectados e que fazem suas compras tanto nas lojas físicas, como nas virtuais", destaca. Domingues está otimista em relação aos resultados que a nova estratégia trará para a operação. "Esperamos que a ação reverta em fluxo qualificado e em vendas, além de nos ajudar a continuar sendo referência na região", frisa.

O gerente de Marketing do Itajaí Shopping, Geverson Rodrigues, destaca que a solução da Pegaki chegou no momento certo, quando o empreendimento buscava ferramentas disruptivas e que contribuíssem para uma estratégia multicanal do centro comercial. "A oferta do ponto de retirada é mais um passo de um movimento bem mais amplo que estamos traçando para acompanhar as mudanças intensas que o varejo está vivendo. Estamos felizes por ter encontrado na parceria com a Pegaki – uma startup com DNA catarinense – um modelo de serviço relevante para o shopping", afirma. Segundo ele, o ponto de retirada funcionará na Central de Administração do shopping, de segunda a sábado, das 10h às 22h, e aos domingos das 14h às 20h.

Sobre a Pegaki

A rede de pontos de retirada da Pegaki disponibiliza a solução para o problema das entregas não realizadas, sem investimento em infraestruturas caras, como lojas próprias ou lockers. O negócio funciona da seguinte forma: o consumidor compra em e-commerces e retira seu produto no ponto Pegaki mais conveniente, que são estabelecimentos parceiros que funcionam como pontos de retirada. Dessa forma, a Pegaki traz benefícios para todas as partes envolvidas: os consumidores, os e-commerces, as transportadoras e os estabelecimentos que operam como pontos de retirada.

A Pegaki foi criada por João Cristofolini (CEO), por Ismael Costa (CTO) e por Daniel Frantz (COO). Os executivos possuem vasta experiência no mercado corporativo e de startups. Cristofolini destaca-se pela construção de uma rede de franquias com mais de 30 unidades pelo Brasil, pela autoria de 6 livros de negócios, além da fundação do ResumoCast, podcast de negócios mais acessado do iTunes no Brasil. Já Ismael Costa também é CTO e Co-fundador da ConnectMoves e profissional com experiência de dez anos em desenvolvimento de softwares e aplicativos. Daniel Frantz foi COO e Sócio da Amplio/Metta Trading por 7 anos e é fundador da Solesto, e-commerce com faturamento de mais de R$ 3,5 milhões por ano. 

O perfil dos empreendedores e o potencial disruptivo do modelo de negócio da Pegaki vem despertando interesse dos investidores. A empresa foi acelerada pela Cotidiano Aceleradora, quando recebeu R$100 mil de aporte em uma primeira rodada de investimento. Em 2017, a Pegaki recebeu um novo aporte de R$360 mil, via EqSeed, plataforma que conecta startups a investidores. O valor foi levantado em apenas 9 dias, o que fez do case o mais veloz da plataforma e um marco no mercado de equity-crowdfunding brasileiro. Em outubro de 2018, a empresa realizou nova rodada via EqSeed e captou R$ 1,2 milhão. Mais informações: http://pegaki.com.br/

Sobre o Itajaí Shopping

O Itajaí Shopping faz parte do Grupo Tacla e fica em Itajaí, em Santa Catarina. O empreendimento foi eleito por cinco vezes o shopping center preferido na região da Foz do Rio Itajaí pelo prêmio ÍMPAR/IBOPE. Com um mix variado e completo de lojas e serviços, o Itajaí Shopping possui mais de 120 operações de diversos segmentos, além de um Terraço Panorâmico com salas de cinema e restaurantes.


Posts Recentes