• Novembro de 2017
Home / Notícias

Notícias

Empreendedor Fatura R$ 1,3 Milhões Organizando Corridas

A capacidade de identificar uma oportunidade e ter a coragem de aproveitá-la é um dos principais fatores de sucesso para empreendedores. Ricardo Ziehlsdorff , de 44 anos, agarrou a chance quando apareceu. Hoje, ele fatura alto no mercado de eventos de corrida.

“Eu conciliava o trabalho com corridas com a empresa do meu pai. Até que, em 2011, quando o faturamento da Corre Brasil superou o meu salário na empresa, resolvi me dedicar 100% ao negócio”, disse o catarinense.

A Corre Brasil nasceu como uma forma de ajudar na divulgação de uma linha de produtos light da empresa da família Ziehlsdorff. “Queríamos organizar um evento em Pomerode, Santa Catarina, para nossa linha light. Então organizamos a primeira meia maratona da cidade. Depois de três eventos em outras cidades, me convidaram para continuar o trabalho e assim nasceu a empresa”, disse Ricardo Ziehlsdorff.

Atualmente, a Corre Brasil tem um calendário anual de 30 corridas que envolve 37 mil corredores. Com isso, a empresa alcançou um faturamento de R$ 1,3 milhão no ano passado e a expectativa é chegar nos R$ 2 milhões em 2017.

“Cada corrida exige um investimento médio de R$ 45 mil. Precisamos conseguir os alvarás necessários, comprar equipamento, água, camisas, contar com ambulância e toda a estrutura para uma corrida longa”, disse o fundador. O preço médio por atleta é de R$ 38 por corrida.

Um dos desafios deste mercado, segundo Ziehlsdorff, é conseguir patrocínios para os eventos. “Somente com dinheiro de inscrição, não conseguimos ter lucro. Sempre buscamos patrocinadores para viabilizar o negócio”, explicou.

A Corre Brasil conta com uma equipe de sete funcionários e sua sede fica localizada na cidade de Blumenau. Embora atualmente concentre a sua atividade em Santa Catarina, a empresa já realizou eventos em cidades como São Paulo e Curitiba.

Posts Recentes