• Novembro de 2017
Home / Notícias

Notícias

Dia das Mães: lojistas esperam aumento de vendas de apenas 1% no Rio

O Dia das Mães — que só perde para o Natal em número de vendas e movimento no comércio — não deve atrair tantos clientes para as lojas neste ano. Uma pesquisa mostra que 71% dos empresários estimam vender apenas 1% a mais na data comemorativa, em relação ao ano passado. Os dados são do Centro de Estudos do Clube dos Diretores Lojistas do Rio de Janeiro (CDLRio), que ouviu mais de 500 empresários.

O pessimismo do setor é visível em comparação ao anos anteriores. Em 2011, a mesma pesquisa mostrava uma expectativa de venda de 10% a mais no Dia das Mães, a maior data comemorativa do comércio depois do Natal. Em 2012, o otimismo era ainda maior, e os lojistas pretendiam faturar 12% a mais do que no ano anterior. Em 2013, o levantamento apontava 8% de aumento nas vendas e, em 2014, de 3,2%. Em 2015, os lojistas esperavam vender apenas 0,5% a mais. Já no ano passado, em 2016, os a expectativa era de um crescimento nas vendas de 2%.

Presidente do CDLRio, Aldo Gonçalves esclarece que essa estimativa de crescimento de apenas 1% no Dia das Mães de 2017 é resultado do movimento fraco nos últimos meses e o cenário econômico atual, com desemprego alto e inflação.

“Não podemos esquecer que no ano passado todas as datas comemorativas tiveram resultados negativos. Mas, apesar desse cenário, os comerciantes criaram uma série de estímulos para aumentar as vendas, entre promoções, descontos, sistemas de crédito diferenciados e diversificação de produtos, apostando na segunda data comemorativa mais importante do ano”.

Preço e pagamento dos presentes mais vendidos

Segundo o levantamento, o preço médio dos presentes por pessoa deve ser de cerca de R$ 100 em 2017, e a forma de pagamento mais adotada pelos clientes deve ser o parcelamento no cartão de crédito, seguido de cartão de loja, cheque parcelado, crediário, dinheiro e cartão de débito.

Os presentes mais vendidos devem ser itens de vestuário, calçados, bolsas e acessórios, joias e bijuterias, perfumaria e produtos de beleza, óculos e celulares.


Leia mais: http://extra.globo.com/noticias/economia/crise-afeta-ate-dia-das-maes-lojistas-esperam-aumento-de-vendas-de-apenas-1-no-rio-21293762.html#ixzz4gDCG7kqp

Fonte: Extra

Posts Recentes