• Novembro de 2017
Home / Notícias

Notícias

Apas prevê vendas nos supermercados em SP com alta de 1,5% a 2,5% em 2017

Os supermercados de São Paulo devem registrar aumento real de 1,5% a 2,5% nas vendas em 2017 na comparação com o ano anterior, segundo expectativa da Associação Paulista de Supermercados (Apas). A entidade projeta um cenário de crescimento mais acelerado para o setor depois de as vendas terem aumentado 1,1% em termos reais no ano passado.

De acordo com o gerente de Economia e Pesquisa da entidade, Rodrigo Mariano, os resultados no primeiro trimestre do ano para as vendas no Estado de São Paulo ainda não foram positivos. O faturamento das lojas caiu 1,5% no período na comparação com os mesmos meses de 2016. Apesar disso, ele acredita numa recuperação e aceleração das vendas em especial no quarto trimestre do ano.

Os números já consideram o resultado descontada a inflação do período. A expectativa da Apas é de que a inflação dos supermercados desacelere em relação a 2016, o que deve contribuir com as vendas.

Nos supermercados, o indicador de preços da Apas apontou aumento de 7,9% no ano passado e, para 2017, a previsão é de alta de 6% ante 2016. Os índices superam a inflação e as projeções do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), o que a Apas entende como uma consequência de a inflação de alimentos estar acima dos indicadores para o setor de serviços.

Os dados foram divulgados nesta terça-feira, 2, durante evento do varejo de supermercados em São Paulo. Para o presidente da Associação Brasileira de Supermercados (Abras), João Sanzovo Neto, a queda da inflação justifica as expectativas mais positivas para o setor em 2017. “Vamos ter um ganho de poder aquisitivo dos consumidores”, conclui.

Para o setor de supermercados no Brasil inteiro, a Abras projeta crescimento de 1,3% nas vendas reais em 2017.

Posts Recentes