• Setembro de 2017
Home / Notícias

Após 2 anos em queda, vendas na Páscoa têm alta, aponta CNDL

O volume de vendas a prazo na semana anterior a Páscoa cresceu 0,93% na comparação com o mesmo período do ano passado, segundo levantamento do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL).

Trata-se da primeira alta depois de 2 anos seguidos de queda nas vendas do comércio durante a Páscoa. Em 2015, houve uma queda de 4,93%, e em 2016 um tombo de 16,81%, segundo os dados da pesquisa.

"Desde o Dia das Mães de 2014, comerciantes não tinham vendas no azul. Ainda assim, resultado é modesto e insuficiente para o varejo retornar à fase anterior da crise econômica", destacou a CNDL.

"O resultado da Páscoa deste ano rompe com uma trajetória de 17 quedas consecutivas nas principais datas comemorativas. Como desde o Dia das Mães de 2014 não tivemos nenhum crescimento nas vendas a prazo, o resultado é um alento para o varejo começar a dar sinais sólidos de recuperação”, afirmou o presidente da CNDL, Honório Pinheiro.

O cálculo da pesquisa é baseado no volume de consultas realizadas ao banco de dados do SPC Brasil (Serviço de Proteção ao Crédito), com abrangência nacional, entre os dias 9 e 15 de abril deste ano.

Neste ano, segundo a pesquisa, os produtos mais procurados foram os tradicionais ovos de chocolates, caixas de bombons, ovos de chocolate infantis, barras de chocolate, chocolates artesanais e caseiros, colombas pascoais e bebidas, como vinho.

Fonte: G1