• Outubro de 2017
Home / Notícias

Painel aponta crescimento do varejo de livros no primeiro tri de 2017

Acaba de ser publicado o terceiro Painel de Vendas de Livros no Brasil referente ao período que vai de 27 de fevereiro a 26 de março, encerrando, portanto, o primeiro trimestre do ano. No período, houve um crescimento nominal (não considerando a inflação) importante, de 12,34% no faturamento apurado por livrarias e supermercados com a venda de livros. Em termos absolutos, o faturamento no período foi de R$ 143.387.112,38 versus os R$ 127.638.928,98 apurados no mesmo período do ano passado.

Em volume, o crescimento foi ainda mais expressivo, de 16,59%. No intervalo, foram vendidos 3.451.398 exemplares, ante as 2.960.326 mil cópias vendidas no mesmo período de 2016.

De acordo com análises do Sindicato Nacional dos Editores de Livros (SNEL) e da Nielsen Bookscan, responsáveis pelo estudo, o crescimento foi fortemente influenciado pelas promoções do Dia Internacional da Mulher, celebrado no dia 8 de março. O relatório aponta queda de 3,65% no preço médio do livro.

Os bons resultados de março ajudaram o mercado livreiro a fechar positivamente o primeiro trimestre de 2017. Na comparação com o ano passado, o faturamento acumulado nas 12 primeiras semanas de 2017 apresentou crescimento de 7,09%, fechando o trimestre em R$ 487.527.324,46. No fim do primeiro tri de 2016, essa cifra era de R$ 455.235.727,89. Em volume, o crescimento acumulado no ano é de 10.631.794 exemplares vendidos. Esse é o melhor resultado dos últimos 18 meses.

"A notícia é mais do que esperada pelo mercado e deve ser comemorada pelo fato de demonstrar que a recuperação é sólida, especialmente considerando que os três períodos acumulados já abrangem a época de volta às aulas e o carnaval. Há muito os índices de crescimento não superavam a inflação", comenta Ismael Borges, gestor do Bookscan.

Fonte: PUBLISHNEWS