• Outubro de 2017
Home / Notícias

Intenção de consumo das famílias sobe 2,6% em dezembro

A Intenção de Consumo das Famílias (ICF) ficou em 76,2 pontos em dezembro, avanço de 2,6% em relação a novembro, segundo a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), que divulgou a informação nesta quinta-feira (15). Apesar do avanço na margem, na comparação com dezembro de 2015, o ICF registra queda de 0,3%.

Em nota, a CNC ressaltou que o ICF "segue em um nível menor que 100 pontos, abaixo da zona de indiferença, o que indica uma percepção de insatisfação com a situação atual".

"Os indicadores de confiança registraram avanço, devido, principalmente, à sazonalidade do período. Entretanto, a manutenção do custo elevado do crédito e da perda do poder de compra - com o aumento do desemprego e a queda da renda - vem dificultando uma retomada do consumo", destaca a confederação em nota.

Influenciado pelas festas de fim de ano, o componente do ICF que mede o Nível de Consumo Atual ficou em 51,7 pontos, alta de 5,7% em relação a novembro. Na comparação com 2015, no entanto, o índice caiu 5,3%. "A maior parte das famílias (61,1%) declarou estar com o nível de consumo menor que o do ano passado", diz a CNC.

Já o subíndice Emprego Atual ficou acima da zona de indiferença, com 106,6 pontos, avanços de 1,0% em relação ao mês anterior e de 2,9% na comparação com o mesmo período do ano passado. O porcentual de famílias que se sentem mais seguras em relação ao Emprego Atual é de 31,6%, informou a CNC.