• Outubro de 2017
Home / Notícias

Vendas de supermercados recuam 0,6% em outubro e puxam queda no varejo, diz IBGE

As vendas dos supermercados recuaram 0,6% na passagem de setembro para outubro, dentro da Pesquisa Mensal de Comércio, divulgada nesta terça-feira, 13, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

O setor puxou a queda de 0,8% no varejo como um todo, mas houve perdas também nos Combustíveis e lubrificantes (-1,7%) e nos Artigos farmacêuticos, médicos, ortopédicos, de perfumaria e cosméticos (-0,1%).

As taxas positivas foram verificadas em Equipamentos e material para escritório, informática e comunicação (7,1%), Outros artigos de uso pessoal e doméstico (0,8%), Tecidos, vestuário e calçados (0,5%) e Livros, jornais, revistas e papelaria (0,4%).

O volume de vendas de Móveis e eletrodomésticos (0,0%) ficou estável, após ter acumulado uma retração de 9,5% entre fevereiro e setembro.

Com o recuo de outubro, o varejo restrito acumulou uma perda de 3,2% em quatro meses consecutivos de quedas.

No comércio varejista ampliado, que apontou recuo de 0,3% em outubro ante setembro, o resultado foi influenciado pela queda de Veículos e motos, partes e peças (-0,3%), embora a retração de Material de construção tenha sido mais acentuada (-4,0%).

Média móvel trimestral

O índice de média móvel trimestral das vendas do comércio varejista restrito caiu 0,8% em outubro, divulgou o IBGE.

No varejo ampliado, que inclui as atividades de veículos e material de construção, o índice de média móvel trimestral das vendas também teve recuo de 0,8% em outubro.