• Outubro de 2017
Home / Notícias

Venda no varejo do Rio cai 7,2%

Rio - As vendas no comércio varejista no Rio de Janeiro caíram 7,2% em setembro, ante igual mês de 2015, informou ontem o IBGE. Na comparação com o mês anterior, o recuo foi de apenas 0,3%. Mas no acumulado do ano o tombo é de 8%.

Na comparação com setembro do ano passado, foram registradas baixas nas vendas de livros, jornais, revistas e papelaria (-22%); tecidos, vestuário e calçados (-15,5%); combustíveis e lubrificantes (-10,01%); e outros artigos de uso pessoal e doméstico (-11,9%%).

Em todo país, segundo a pesquisa do IBGE, as vendas do comércio tiveram queda de 5,9%. Em relação ao mês anterior, o recuo foi de 1%.O varejo acumula queda de 6,5% no ano e, 6,6% em 12 meses. De agosto para setembro, a queda do varejo foi puxada pela diminuição das vendas dos segmentos de hipermercados, supermercados, produtos alimentícios, bebidas e fumo (-1,4%) e de móveis e eletrodomésticos (-2,1%).

Na análise frente a um ano antes, o comportamento em todo país foi semelhante ao da comparação mensal. As maiores retrações partiram de hipermercados, supermercados, produtos alimentícios, bebidas e fumo (-2,6%) e móveis e eletrodomésticos (-13,4%).

“O desempenho desta atividade vem sendo pressionado pela contínua queda na massa de rendimento real habitualmente recebida, além da elevação dos preços dos alimentos em domicílio acima do índice geral”, diz o IBGE, em nota.

Na sequência, estão combustíveis e lubrificantes e outros artigos de uso pessoal e doméstico (-9%, nos dois segmentos); tecidos, vestuário e calçados (-10,3%); livros, jornais, revistas e papelaria (-18%), entre outros.

Fonte: O Dia