• Setembro de 2017
Home / Notícias

Varejo farmacêutico aumenta de 12,4% no acumulado do ano

As vendas em farmácias registraram aumento de 12,4% em setembro, considerando o acumulado do ano, em comparação ao mesmo período do ano passado. Assim, o faturamento de R$ 33 bilhões em 2015 passou para R$ 37 bilhões neste ano. Já o número de doses comercializadas saiu de 104 bilhões para 109 bilhões; crescimento de 4,9%.

Os dados acabam de ser divulgados pela IMS Health e foram compilados pela INTERFARMA (Associação da Indústria Farmacêutica de Pesquisa). “Em comparação com os demais setores, o farmacêutico consegue ser mais resistente às crises porque medicamentos são produtos de primeira necessidade”, afirma Antônio Britto, presidente-executivo da INTERFARMA.

Apesar do crescimento nominal elevado, é preciso descontar a inflação do período e considerar também o aumento de custos para chegar ao crescimento real do setor. A inflação apontada pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) para o acumulado do ano é de 5,51%, sendo que a indústria também tem sido impactada pelo custo elevado da energia e dos tributos.

O varejo representa cerca de 70% do mercado farmacêutico brasileiro, que hoje movimento em torno de R$ 65 bilhões por ano. O restante do mercado é formado por clínicas, hospitais e universidades, sendo que as compras do governo respondem por mais da metade do chamado mercado institucional.

Outro recorte

Índice semelhante é observado também nos 12 meses móveis encerrados em setembro (outubro do ano anterior a setembro): 11,9%. O faturamento pelo varejo passou de R$ 44 bilhões para R$ 49 bilhões, enquanto a doses comercializadas avançaram de 137 bilhões para 144 bilhões.

Sobre a Interfarma

A Interfarma possui 56 laboratórios associados, responsáveis pela venda de 82% dos medicamentos de referência do mercado e por 33% dos genéricos. As empresas associadas respondem por 43% da produção dos medicamentos isentos de prescrição (MIPs) do mercado brasileiro e por 52% dos medicamentos tarjados - 50% do total do mercado de varejo. As farmacêuticas associadas à Interfarma investem por ano cerca de R$ 38 milhões para realizarem 2.200 ações de responsabilidade socioambiental. O relatório Responsabilidade Social-2015 mostra também que 20% dos funcionários se dedicam a atividades voluntárias, percentual acima da média nacional de 11%.

Fonte: Divulgação