• Novembro de 2017
Home / Notícias

Notícias

Brasileiros estão em 4º entre latinos que mais investem em franquia nos EUA

Bogotá, 9 out (EFE).- Os brasileiros estão em quarto lugar na lista de latino-americanos que mais estão investindo em franquias nos Estados Unidos, de acordo com um relatório divulgado neste domingo pela consultoria PFS Realty.

Colombianos e venezuelanos, por sua vez, são os que mais acreditaram no sonho americano nos últimos três anos. De acordo com a empresa, 70% dos negócios assessorados por ela nesse período foram de pessoas com essas nacionalidades, seguidos pelos mexicanos.

O presidente da PFS Realty, Gustavo Galvez, disse em comunicado que um dos fatores que mais chama a atenção dos investidores da região é o tipo de visto que podem obter para abrir um negócio nos EUA.

"Com US$ 100 mil ou US$ 200 mil, podem negociar uma franquia nos Estados Unidos e dar um passo definitivo na obtenção do visto E-2, correspondente a investidores de algumas nacionalidades que contam com um tratamento especial do governo americano", explicou.

Nove de cada 10 latinos podem ter uma franquia bem-sucedida em território americano "pelo menos nos primeiros cinco anos, que na realidade são os mais difíceis em todo tipo de negócio", detalhou Galvez.

De acordo com dados da Associação Internacional de Franquias (IFA) citados pela PFS, as franquias que têm maior demanda nos EUA são as de restaurantes, serviços, varejo e as sociedades de investimento em ativos imobiliários.

"No entanto, vemos que algumas do setor de serviços financeiros, contábeis, legais e de seguros, ou serviços pessoais, como barbearias e salões, são mais atraentes para os latinos, já que muitas delas têm um suporte no idioma espanhol", acrescentou Galvez.

O presidente da consultoria, que assessora latino-americanos em oportunidades de negócio em território americano, estimou que o montante do investimento é de cerca de US$ 150 mil, o que inclui o direito de franquia, a montagem e o capital de trabalho.

As franquias nos Estados Unidos respondem por 2,5% do Produto Interno Bruto (PIB) do país, e os estados mais procurados para este tipo de negócio são Flórida, Califórnia, Texas, Illinois e Ohio, segundo a IFA. Segundo Galvez, Miami é uma das seis cidades mais atrativas para se investir no mundo e uma das de mais rápido crescimento nos EUA.

Uma análise da IFA, citada pela PFS Realty, mostrou que nos Estados Unidos existem mais de 770 mil franquias em 300 categorias e que juntas geram mais de 7,6 milhões de postos de trabalho.

Fonte: EFE

Posts Recentes