• Outubro de 2017
Home / Notícias

CDL/BH lança programa para integrar varejistas e startups

Startups que propõem práticas inteligentes e inovadoras estão cada mais em evidência e já trabalham ao lado de empresas dos mais diversos tipos de negócios. Até mesmo o varejo, que também busca soluções e serviços mais rentáveis, já aderiu a essa nova tendência. E para impulsionar essa parceria, a Câmara dos Dirigentes Lojistas de Belo Horizonte (CDL/BH) lança o projeto Varejo Inteligente, que já está com inscrições abertas.

A ação conta com apoio do Sebrae e execução da Associação Wylinka. O objetivo é criar um elo entre as soluções inovadoras ofertados por startups e os atuais problemas que cerca de 10 mil empresas do comércio de varejo enfrentam.

Desta forma, a CDL/BH busca o desenvolvimento mútuo dos dois nichos: as startups e os varejistas. Ao mesmo tempo, a Câmara pretende destacar a importância que as práticas inovadoras e tecnológicas têm dentro do modelo de negócio dos seus associados. Na prática, o Varejo Inteligente vai trazer benefícios para as duas partes.

Na ótica das startups, o projeto representa a oportunidade de ter contato direto com o mercado, o que permite identificar e monitorar mais de perto as necessidades de possíveis clientes. Além disso, as startups poderão amadurecer suas propostas de negócio.

Já o varejo pode utilizar as novos produtos e serviços inovadores como soluções para superar o momento de instabilidade econômica. Paralelamente, a melhora dos processos estimula a concorrência e, consequentemente, faz com que essas empresas varejistas conquistem mais espaço dentro do mercado.

Inscrições

Serão selecionadas 40 startups para participar integrar o projeto. O critério de seleção vai levar em conta aspectos como o potencial e impacto no mercado, grau de inovação e equipe. O edital completo está disponível aqui.

Após a seleção, serão realizadas reuniões individuais e coletivas semanais com as equipes das startups, para desenvolvimento das propostas. Além disso, ao longo de todo o programa, serão realizados encontros entre as equipes das startups e representantes das empresas varejistas, para ampliar o intercâmbio de informações e potencializar a resolução dos problemas.