• Outubro de 2017
Home / Notícias

Correios lança serviço de logística integrada para e-commerce

As atividades de logística dos Correios estão passando por uma transformação no que diz respeito ao atendimento de empresas de comércio eletrônico. Agora em vez de cuidar apenas da coleta e entrega de mercadorias, a empresa passa a oferecer também os serviços de armazenagem, manuseio, transporte/distribuição e logística reversa, em uma solução de logística integrada (e-fulfillment) batizada de Correios Log. E outras palavras, o pequeno varejo online poderá ter o seu estoque administrado pelos Correios.

O serviço começa a operar, inicialmente, atendendo a empresas de todo o país a partir do armazém logístico dos Correios em São Paulo (unidade de Cajamar), que possui uma área de 72 mil metros quadrados e 18 mil posições de armazenagem, com previsão de ampliação para 86 mil em 2017. "A intenção é lidar com volumes de até 30 quilos e dimensões dentro das limitações com as quais os Correios já trabalha, de alguns centímetros", afirma o vice-presidente de Logística José Furian Filho. Estamos falando aí de caixas que podem chegar ao tamanho máximo das embalagens de pequenos produtos eletroeletrônicos, de modo geral, como fogões de microondas, impressoras, etc.

"O serviço é o mesmo que os Correios já prestam sob demanda para clientes com grandes volumes e capacidade financeira, mas que não estava ao alcance dos pequenos e micro empreendedores. Encontramos uma forma de fazer com que várias pequenas e micros empresas pudessem compartilhar o mesmo armazém", afirma o executivo. Para isso, os Correios investiram R$ 5,5 milhões na aquisição de um "poderoso software de gerenciamento de armazém (WMS), que permitiu à empresa fazer o controle de vários pequenos estoques dentro do mesmo espaço, além de ganhar agilidade na gestão e giro de estoque, acompanhamento de pedidos online, rastreabilidade e cálculo de produtividade. Com isso, a empresa pôde baixar o custo de armazenagem para os pequenos empreendedores.

Furian se refere ao Correios Log como "uma solução de governo, criando soluções para que os pequenos e micros empresários que vendem pela internet possam se manter no mercado, gerando emprego e renda". "Mesmo o pequeno produtor, que vende direto a sua produção, ou os artesãos que tenham estoque, podem usar o serviço", afirma o executivo.

A modelagem do Correios Log levou um ano, no qual foram feitas várias pesquisas com clientes dos Correios. Os resultados levaram a empresa a trabalhar com um cenário no qual 90% das lojas virtuais do Brasil são pequenos negócios, 89% delas assumem a própria logística nas etapas de armazenagem e manuseio e apenas 47% possuem loja física.

Na composição dos custos dessas empresas com logística, 63% cabe ao frete, 20% à armazenagem e 17% ao manuseio. Considerando uma encomenda de 1 quilograma, e os valores médios do mercado, a estimativa dos Correios é de que o custo total só com e-fulfillment gire hoje em torno de R$ 32,98. Com o Correios Log, a empresa diz ser capaz de reduzir esses custos em ate 47%.

Como funciona

Por meio da formalização da parceria com os Correios, através da celebração do contrato comercial, as empresas entregam seus produtos em estoque para os Correios realizar a armazenagem.

Feita a conferência, os itens são armazenados em posições de picking no centro de logística integrada. Com a integração dos sistemas, os Correios recebem as ordens de atendimento de pedidos de cada loja virtual, retiram do estoque os itens a serem enviados, preparam, embalam, imprimi os rótulos de postagem e documentos fiscais, e despacham no fluxo postal para entrega.

Caso a loja virtual ou o cliente solicite que a entrega seja feita por outra transportadora, os Correios disponibilizam ps produtos para envio para que estas empresas possam retirar no centro de logística e realizar a entrega.

Os Correios fornecem o código para rastreio de cada mercadoria enviada e oferecem o suporte para atendimento do pós venda e logística reversa.

Os pedidos são atendidos e enviados num prazo de D+0 ou D+1 dependendo da quantidade de pedidos de atendimento solicitados.

Empresas interessadas podem conhecer detalhes do serviço no site correios.com.br/ecommercecorreioslog.

Fonte: IGD Now!