• Setembro de 2017
Home / Notícias

Vendas de roupa de frio crescem em Cuiabá e lojas revelam falta de produto

O frio atípico em Cuiabá em pleno mês de setembro elevou as vendas no comércio em aproximadamente 10%. Em algumas lojas já é registra a falta de roupas de manga comprida, como é o caso de moletons e casacos. Cerca de 60% das vendas são de vestuários para crianças.

A temperatura em Cuiabá voltou a cair no final da tarde de sexta-feira, 02 de setembro, e no sábado (03) em alguns pontos da cidade era possível constatar em torno de 15ºC. No domingo os termômetros chegaram a 12ºC na Capital mato-grossense que nesta época do ano costuma registrar temperaturas de em torno de 37ºC.

Na região central de Cuiabá a procura está crescendo, segundo os lojistas. “A procura está começando. O consumidor viu que o frio persistiu. As vendas cresceram em torno de 10% em decorrência do clima e há estabelecimentos que já registram falta de produto ou só tem tamanho pequeno”, comenta a vendedora Maria Araújo.

A busca maior são de roupas para crianças, aproximadamente 60%, de acordo com os comerciantes. “Não se vê frio em setembro em Cuiabá. Os pais estão buscando roupas para os filhos para evitar que fiquem doentes, além disso criança cresce”, destaca Edilaine do Carmo que trabalha em uma loja infantil na região central da Capital.

De acordo com os lojistas, A campanha Liquida Grande Cuiabá, realizada pela Câmara de Dirigentes Lojistas de Cuiabá, tem ajudado também a impulsionar as vendas. São mais de mil pontos de vendas, entre hotéis e lojas em shoppings, região central e bairros, de Cuiabá e Várzea Grande com até 70% de desconto em alguns produtos. A campanha teve início no dia 26 de agosto e se encerra nesta segunda-feira, 05 de setembro.

“A campanha está ajudando nas vendas, pois o consumidor está também pesquisando preço”, salienta a vendedora Edilaine do Carmo.