• Outubro de 2017
Home / Notícias

Veja quais são as 20 franquias mais caras do Brasil

São Paulo - Fazer as contas é uma das partes mais complicadas na hora de planejar a aquisição de uma franquia. Dentro desse orçamento, o ponto em que os futuros empreendedores costumam prestar mais atenção é o investimento inicial - ou seja, quanto será preciso desembolsar para começar a ser franqueado.

O investimento inicial não engloba apenas gastos financeiros: o valor pago também deve refletir a experiência que a franqueadora possui no mercado (e o quanto ela ensinará o empreendedor sobre a futura área de atuação dele, portanto). Então, quais são as redes de franquias que pedem os maiores aportes para que você se associe à marca delas?

EXAME.com elencou as vinte franquias que pedem o maior investimento inicial do Brasil, com base nos dados da Associação Brasileira de Franchising. Como indicativo de qualidade, selecionamos apenas redes que possuem ao menos um Selo de Excelência no Franchising ABF.

Porém, antes de investir, converse bem com a franqueadora e outros franqueados e elenque todos os custos com que terá de arcar - além do investimento inicial, que você verá a seguir, compute fatores como custo do ponto comercial e formação de capital de giro, por exemplo.

Confira quais são as franquias mais caras do país. As informações de faturamento médio mensal, investimento inicial e prazo de retorno foram retiradas do site da ABF.

Croasonho – R$ 510 mil

A Croasonho vende salgados, doces, bebidas, cafés e sorvetes. Porém, seu carro-chefe é o croassaint recheado. O negócio começou em 1999 e passou a franquear em 2002. Uma unidade franqueada fatura por mês 110 mil reais, em média.

Investimento inicial: 510 mil reais
Prazo de retorno: 24 a 36 meses

Gendai – R$ 530 mil

O Gendai é uma rede de franquias especializada na culinária japonesa fast food. A primeira loja foi inaugurada em 1992, e o franchising começou quatro anos depois. Uma unidade franqueada do Gendai fatura 160 mil reais por mês, em média.

Investimento inicial: 530 mil reais
Prazo de retorno: 36 a 48 meses

China in Box – R$ 540 mil

O China in Box é um negócio especializado na culinária chinesa fast-food. A primeira loja da rede foi inaugurada em 1992, e o franqueamento começou dois anos depois. Uma unidade franqueada do China in Box fatura em média 150 mil reais por mês.

Investimento inicial: 540 mil reais
Prazo de retorno: 36 a 48 meses

Casa do Construtor – R$ 555 mil

A Casa do Construtor é uma franqueadora especializada na locação de equipamentos para construção civil. Fundada em 1993, a rede atua no franchising desde 1998. O faturamento médio mensal de uma unidade franqueada é de 90 mil reais.

Investimento inicial: 555 mil reais
Prazo de retorno: 36 meses

Orthopride – R$ 580 mil

A Orthopride é uma rede de franquias especializada em tratamento ortodôntico. A marca, fundadas em 2009, passou a franquear dois anos depois. Uma unidade franqueada da Orthopride fatura, em média, 180 mil reais por mês.

Investimento inicial: 580 mil reais
Prazo de retorno: 24 a 36 meses

Capodarte – R$ 595 mil

A Capodarte é uma rede especializada na venda de calçados e acessórios femininos. A marca faz parte do grupo Paquetá, criado em 1945. O faturamento médio mensal de uma unidade franqueada é de 150 mil reais.

Investimento inicial: 595 mil reais
Prazo de retorno: 48 a 60 meses

Dumond – R$ 595 mil

A Dumond é uma rede de franquias que trabalha com a venda de calçados e acessórios femininos. O negócio foi criado em 1997 e passou a franquear dez anos depois. O faturamento médio mensal de uma unidade franqueada é 100 mil reais.

Investimento inicial: 595 mil reais
Prazo de retorno: 48 a 60 meses

Spedini – R$ 600 mil

A Spedini é uma “Trattoria Expressa”, especializada em comida italiana rápida. A marca chegou ao mercado em 1994 e começou a franquear no mesmo ano. O faturamento médio mensal de uma unidade franqueada é de 120 mil reais.

Investimento inicial: 600 mil reais
Prazo de retorno: 24 a 36 meses

Dia% - R$ 615 mil

A rede de supermercados Dia% foi fundada em 1979, tendo como carro-chefe seus preços atrativos. O negócio começou a franquear dez anos depois de sua inauguração. A rede não informou no site da ABF o faturamento médio mensal de uma unidade franqueada.

Investimento inicial: 615 mil reais
Prazo de retorno: 24 a 36 meses

Hering – R$ 620 mil

A Hering é uma marca de vestuários e acessórios fundada em 1880, por dois irmãos de uma família alemã que se estabeleceu no sul do Brasil. O negócio começou a franquear em 1993. A rede não informou no site da ABF o faturamento médio mensal de uma unidade franqueada.

Investimento inicial: 620 mil reais
Prazo de retorno: 36 a 48 meses

Multicoisas – R$ 642 mil

A Multicoisas é uma rede de franquias que comercializa materiais para reparos domésticos e comerciais. A primeira loja foi criada em 1984, e o negócio virou franqueador em 1990. Uma unidade franqueada da rede fatura 185 mil reais.

Investimento inicial: 642 mil reais
Prazo de retorno: 48 a 60 meses

Bonaparte – R$ 665 mil

A Bonaparte é uma franqueadora do segmento de alimentação, oferecendo comida internacional no modelo fast food e à la carte. O negócio foi fundada em 1998 e passou a franquear no mesmo ano. Uma unidade franqueada fatura por mês 110 mil reais, em média.

Investimento inicial: 655 mil reais
Prazo de retorno: 24 a 36 meses

Alphagraphics – R$ 670 mil

A rede de franquias Alphagraphics trabalha no setor de impressão gráfica e comunicação. O negócio foi criado em 1970 e começou a franquear em 1980. Uma unidade franqueada fatura 226 mil reais por mês, em média.

Investimento inicial: 670 mil reais
Tempo de retorno: 36 a 48 meses

Divino Fogão – R$ 720 mil

A Divino Fogão é uma rede de franquias que trabalha no ramo de alimentação, especializada em “comida da fazenda”. A fundação da marca ocorreu em 1982, enquanto o franqueado começou em 1994. Uma unidade franqueada fatura 200 mil reais por mês, em média.

Investimento inicial: 720 mil reais
Prazo de retorno: 24 a 36 meses

Domino’s Pizza – R$ 730 mil

A Domino’s é uma rede de pizzarias estadunidense, criada em 1960. O Grupo Trigo, responsável por marcas como Spoleto e Koni, assumiu a direção da Domino’s Pizza Brasil desde 2004. O faturamento médio mensal de uma unidade franqueada da Domino’s é de 155 mil reais.

Investimento inicial: 730 mil reais
Prazo de retorno: 30 a 42 meses

Portobello Shop – R$ 740 mil

A Portobello é uma franqueadora especializada em revestimentos cerâmicos em construções imobiliárias. Fundada em 1979, a marca entrou para o sistema de franchising em 1998. Uma unidade franqueada da marca fatura 470 mil reais por mês, em média.

Investimento inicial: 740 mil reais
Prazo de retorno: 30 a 40 meses

Habib’s – R$ 900 mil

O Habib’s é um negócio especializado em culinária árabe fast food com preços acessíveis. O negócio foi fundado em 1988 e passou a franquear em 1991. A rede não informou no site da ABF o faturamento médio mensal de uma unidade franqueada.

Investimento inicial: 900 mil reais
Prazo de retorno: 32 a 48 meses

Ragazzo – R$ 900 mil

A rede de comida italiana e salgados de preço acessível Ragazzo pertence ao mesmo grupo que administra a rede Habib’s. Fundada em 1992, a marca começou a franquear em 2005. Uma unidade franqueada da marca fatura, em média, 300 mil reais por mês.

Investimento inicial: 900 mil reais
Prazo de retorno: 36 a 42 meses

Pandora – R$ 1,2 milhão

A Pandora é uma marca dinamarquesa de joias fundada em 1982. O negócio virou franqueador em 1997. No Brasil, a Pandora chegou em 2009 e elaborou seu plano de expansão por franquias a partir de 2013. A rede não informou no site da ABF o faturamento médio mensal de uma unidade franqueada.

Investimento inicial: 1,2 milhão de reais
Prazo de retorno: 42 a 55 meses

McDonald’s – R$ 1,675 milhão

A rede de fast food estadunidense McDonald’s foi fundada em 1955, e neste mesmo ano já passou a franquear. No Brasil, a rede associou-se à ABF em 1992 e é operada desde 2007 pela empresa Arcos Dourados. Uma unidade franqueada da marca fatura 690 mil reais por mês, em média.

Investimento inicial: 1,675 milhão de reais
Prazo de retorno: 60 a 84 meses

Fonte: Exame