• Setembro de 2017
Home / Notícias

Empresa lança calça jeans com bolso para celular e aumenta vendas em 30%

Em um cenário de vendas em queda e custos em elevação, a marca de vestuário PRS Jeans&Co conseguiu aumentar em 30% suas vendas em junho, após o lançamento de modelos de calça masculina com bolso específico para aparelho celular. A novidade chamou a atenção dos compradores e animou os empresários Frederico Giordano Perusin e Caroline Giordano Perusin, à frente da empresa, que projetam aumentar a produção total da marca de 70 mil para 100 mil peças por mês até o fim do ano. “Deu tão certo que a ideia é que a produção se concentre nisso”, diz Frederico. Até dezembro, cerca de 80% da produção deve ser de calças e bermudas com o novo modelo de bolso.

“No ano passado, conseguimos manter as vendas. Em janeiro e fevereiro, tivemos crescimento, mas em março e abril registramos queda. Logo depois, em maio, quando lançamos o modelo com bolso para celular, as vendas começaram a melhorar, e em junho tivemos aumento de 30%”, afirma o empresário. Em menos de dois meses, a marca vendeu entre 30 a 40 mil peças com bolso externo para o aparelho.

Apesar de ter um acréscimo de aproximadamente 15% no custo de produção na comparação com modelos de calças jeans masculinas tradicionais, o preço de venda é cerca de 25% mais alto, melhorando as margens da PRS Jeans&Co, que atua apenas no atacado. No varejo, os consumidores podem encontrar os modelos por aproximadamente R$ 149. “Antes do lançamento, nossas margens estavam muito ruins. A inovação foi uma forma de agregar valor. Assim, não precisamos vender os produtos a preços mais baixos do que eles valem por causa da concorrência”.

Além da melhora no resultado financeiro, a demanda também surpreendeu Perusin. “Na primeira leva, a quantidade que demoraria normalmente um mês para vender esgotou em uma semana”.

Após três meses realizando testes e trabalhando em protótipos, a funcionalidade e posição do bolso foi patenteada pelos empresários. “O bolso para celular nessa posição da calça ou bermuda está registrado e sob nosso domínio. Caso alguma empresa venha a reproduzir a mesma ideia, temos a proteção da patente”, diz Caroline. “Inicialmente o diferencial era ter um bolso discreto, que tornasse o aparelho imperceptível esteticamente e que proporcionasse liberdade de movimento, porém no decorrer do projeto percebemos outros benefícios para quem usa a peça, como segurança e praticidade”, afirma Frederico.

Mesmo com o sucesso do modelo masculino, a empresa não pretende lançar uma versão feminina do bolso para celular. “As mulheres gostam de calças mais justas e, mesmo com o bolso, o celular não ficaria invisível”, diz Frederico. Além disso, a empresa realizou pesquisas que mostraram que as prioridades para o público feminino são estilo e conforto. “Só depois vem a funcionalidade”, afirma.