• Julho de 2018
Home / Notícias

Notícias

Especialista do Sebrae orienta sobre microfranquias

As microfranquias - franquias que tem investimento máximo de R$ 80 mi - são uma opção de negócio para quem ficou desempregado ou está buscando um novo ramo para atuar. Entre 2014 e 2015, o faturamento neste segmento aumentou 9,2% e tem sido uma tendência no mercado em crise, como explica o gestor de projetos do Sebrae Bahia, Fabrício Barreto.

Como uma pessoa que tem pouco dinheiro para investir pode viabilizar um negócio?

As pessoas se enganam ao pensar que para apostar em franchising elas precisam fazer grandes investimentos. Nos últimos cinco anos, as microfranquias estão surgindo como uma tendência. São franquias de valores reduzidos, algumas a partir de R$ 5 mil ou até um pouco menos.

Quais são os cuidados que o empreendedor deve ter para abrir uma microfranquia?

Mesmo diante do baixo índice de mortalidade que a franquia tem, é preciso que ele analise bem e veja se tem condições de se encaixar dentro desse negócio. As microfranquias geralmente são atribuídas a serviços. Apesar dos riscos de qualquer negócio, tem possibilidade de ter êxito maior porque já foram testadas, já tem uma marca consolidada. Vale a pena analisar se essa marca já tem lojas ou unidades próprias, se positivo buscar visitar esses espaços, conhecer outros franqueados, para que ele tenha uma segurança maior.

Como o Sebrae pode ajudar o empreendedor a analisar o se a microfranquia escolhida é a ideal?

A partir do momento que ele conheceu o negócio e demonstrou o interesse na franquia, o franqueador irá apresentar a COF, que é a circular de oferta de franquia, que tem todo o histórico e condições para que o empreendedor se torne um franqueado. Com esse plano de negócio em mãos, o Sebrae pode analisar com o empreendedor toda a questão comercial. Se ela já tem um bom desempenho em uma região do país, podemos avaliar como a franquia deve ser aplicada em lugares com especificidades distintas, para que o investimento tenha o melhor retorno possível.

Como o empreendedor pode analisar qual tipo de crédito é mais apropriado ao seu negócio?

Temos no Sebrae uma unidade de crédito que orienta sobre os valores necessários e melhores fontes de investimento. Promovemos ainda a Oficina de Crédito. Um evento no qual os bancos oficiais e privados apresentem seus produtos e serviços e que vamos avaliar junto com o empreendedor qual linha de crédito é mais adequada, visando o melhor retorno para o empreendedor.

Um microempreendedor Individual (MEI) pode ter uma microfranquia?

Sim, ele pode começar como uma franquia. Quando ultrapassar o faturamento de R$ 60 mil por ano, o MEI deve migrar para uma microempresa. Claro que ele não vai começar uma franquia que tenha uma previsão de faturamento de R$ 60 mil por mês, porque foge completamente do enquadramento de MEI.

Fonte: Rede Bahia

Posts Recentes