• Julho de 2018
Home / Notícias

Notícias

Medicamentos pressionam inflação varejista no IGP-10 de maio, diz FGV

Os reajustes em preços de medicamentos estão pressionando a inflação varejista no mês de maio. No âmbito do Índice Geral de Preços - 10 (IGP-10), o Índice de Preços ao Consumidor (IPC) subiu 0,60% em maio, ante 0,43% em abril. Os preços de alimentos, contudo, deram um refresco ao orçamento dos brasileiros, apontou a Fundação Getulio Vargas (FGV).

Ao todo, quatro das oito classes de despesa aceleraram na passagem do mês, com destaque para o grupo Saúde e Cuidados Pessoais (0,94% para 2,53%). Nesta classe de despesa, vale mencionar o comportamento do item medicamentos em geral (1,34% para 7,55%). O governo autorizou um reajuste de até 12,5% no fim de março.

Também ganharam força os grupos Habitação (-0,20% para -0,06%), Vestuário (0,15% para 0,81%) e Despesas Diversas (0,53% para 1,29%). Nestas classes de despesa, destacam-se os itens tarifa de eletricidade residencial (-3,53% para -1,72%), calçados (-0,48% para 0,53%) e cigarros (0,94% para 3,04%), respectivamente.

No sentido contrário, desaceleraram Alimentação (1,09% para 0,79%), Transportes (0,26% para 0,11%), Educação, Leitura e Recreação (0,08% para 0,02%) e Comunicação (0,38% para 0,22%). Nestas classes de despesa, vale citar o comportamento dos itens carnes bovinas (0,08% para -1,20%), etanol (0,58% para -6,15%), show musical (1,51% para -0,02%) e tarifa de telefone móvel (1,15% para 0,38%), respectivamente.

Construção

O Índice Nacional de Custo da Construção (INCC) subiu 0,33% em maio, ante 0,67% no mês anterior. A desaceleração resultou do comportamento tanto do índice relativo a Materiais, Equipamentos e Serviços (0,29% para 0,14%) quanto do custo da Mão de Obra (1,02% para 0,49%).

Posts Recentes