• Setembro de 2018
Home / Notícias

Notícias

4 cases de mães empreendedoras e suas dicas para o sucesso

Empreendedorismo, uma palavra muito comum e constantemente citada no mercado atual. Porém, não vale apenas se autodenominar um empreendedor, deve-se ter as características de um.

É necessário muita dedicação, persistência, olhar para o futuro e o mais importante, paixão. E quem melhor que as mães para apresentar essas características não é mesmo? Alguns ousam dizer que elas não conseguem conciliar a vida profissional e a rotina materna, vamos ver então alguns cases de mães que além de provar o contrário, dão conselhos sobre como ter sucesso no mercado:

Trabalho e amor andam juntos

Mariana Guazzelli 39 anos é sócia fundadora do bebê Boutique, um E-commerce que há outo anos comercializa roupas infantis, tem dois filhos, um de seis anos e um com oito. A empreendedora ressalta que devemos fazer nossas escolhas a partir do que temos mais afinidade, pois isso irá manter a chama da motivação sempre acesa. Mas também alerta, o trabalho duro sempre estará presente, mesmo fazendo o que ama, isso é o preço que se paga para seguir um sonho.

Construa o seu legado

Mônica Hauck tem 36 anos e é fundadora e CEO da Solides, uma empresa especializada no ramo de mapeamento comportamental com uma cerca de 30 mil clientes. A mãe de dois filhos, um de sete anos e um de dois afirma que em todas as situações podemos retirar uma oportunidade. Além disso, ela ressalta de devemos seguir um propósito e deixar nossa marca no mundo.

Inspire e se deixe inspirar

Agatha Abrahão é diretora executiva da agência de viagens Stella Barros Turismo, com 50 anos de mercado.

A mãe de uma menina aconselha sempre se entregar e viver o empreendedorismo, a empreendedora ressalta também que deve-se sempre procurar a auto-realização e buscar em seu caminho um bom mentor, que no caso dela foram seus pais.

Seja perseverante

Letícia Leite foi da equipe que fundou o Peixe Urbano e hoje é responsável pelo setor de Comunicação da empresa. A mãe de um filho de dois anos diz que não deve-se ter medo de fracassar e muito menos preocupar-se com a opinião de outras pessoas. Por morar muito tempo nos EUA, a empreendedora ressalta que não existe sucesso sem falhas no meio do caminho, e que elas são essenciais.

Fonte: SEGS

Posts Recentes