• Outubro de 2017
Home / Notícias

Produtos infantis é aposta para o e-commerce em 2016

A chegada de um bebê muda a vida de qualquer família e aquece significativamente o mercado de produtos infantis no país. Segundo pesquisas recentes, uma família de classe média desembolsa cerca de R$ 5 mil no primeiro ano de vida dos pequenos. Ainda que em versões adaptadas para realidades econômicas distintas, o comércio infantil vem se consolidando em diversas classes sociais.

Pensando nesse mercado em plena ascensão, o casal Alessandra e Rafael Belo criaram em 2013 o e-commerce Loja Kids Vitrine. Especializada em produtos para gestantes e crianças de 0 a 5 anos, além de importar produtos de grandes marcas internacionais, a empresa também trabalha com marcas brasileiras e oferece grande variedade de produtos, dificilmente encontrados em lojas físicas.

“O aumento da renda nos últimos anos ampliou a base de consumidores dispostos a pagar por experiências ligadas ao conceito de exclusividade. Mães e pais estão cada vez mais ocupados e com o e-commerce podem poupar tempo para ficarem mais tempo com seus filhos”, diz a empresária.

A perspectiva é de que esse nicho continue em alta nos próximos anos, abrindo novas oportunidades de negócios. O ano passado o e-commerce cresceu 15,3%, fechando o ano com faturamento de R$ 41,3 bilhões e, em 2016 a projeção é um aumento de 18%, faturando R$ 56,8 bilhões. Grande parte disto se deve ao segmento infantil. Somente em 2015, a Loja Kids Vitrine registrou faturamento de R$ 300 mil reais e, a expectativa para 2016 é um crescimento de 20%.

Fonte: Agência IN