• Novembro de 2017
Home / Notícias

Notícias

ES: Negociação pode definir reabertura de supermercados aos domingos

Uma negociação entre o Governo do Estado e entidades ligadas ao comércio no Espírito Santo pode resultar na reabertura de supermercados aos domingos. Por enquanto, as conversas estão no início, mas podem avançar nas próximas semanas.

Nesta segunda-feira (18), o deputado estadual Freitas (PSB) se reuniu com membros da diretoria da Federação do Comércio de Bens e Serviços (Fecomércio) para iniciar o debate sobre o assunto. O parlamentar preferiu não dar detalhes sobre o encontro, mas disse estar otimista com as negociações.

"Pretendemos agendar uma nova reunião, dessa vez envolvendo também representantes da Acaps (Associação Capixaba dos Supermercados) e do Governo do Estado. Ainda não há previsão para que esse encontro ocorra. O que posso dizer é que as negociações estão em curso e estamos otimistas com relação ao desfecho", destacou Freitas.

Segundo o deputado, a ideia é fazer com que os estabelecimentos tenham a liberdade de definir os dias em que pretendem abrir. "Nossa intenção não é obrigar todos os supermercados a abrirem aos domingos e feriados, mas facultar aos estabelecimentos o funcionamento durante esses dias. Sabemos que a situação do país não está fácil e, por isso, queremos dar aos supermercados a possibilidade de funcionar quando bem entenderem, como era até 2008. Hoje o Espírito Santo é o único estado onde é proibida a abertura de supermercados aos domingos", ressaltou.

A definição sobre o fechamento dos supermercados aos domingos está vigente desde a Convenção Coletiva de 2009/2010. Desde então, alguns deputados estaduais tentaram rediscutir o assunto e fazer com que os estabelecimentos voltassem a funcionar nesses dias, mas, até o momento, tanto os sindicatos das empresas quanto o dos trabalhadores optaram por manter a determinação.

O presidente do Sindicato dos Comerciários do Espírito Santo (Sindicomerciários-ES), Jakson Andrade Silva, disse que ainda não foi contactado para discutir o assunto, mas garante estar aberto a negociações. "Estamos sempre à disposição para conversar. Mas essa determinação sobre a não abertura dos supermercados aos domingos foi acertada por meio de convenção coletiva. Então, para mim, essa questão é página virada", afirmou.

Posts Recentes