• Novembro de 2017
Home / Notícias

Notícias

Campinas: indústria demite 900 em fevereiro, pior balanço na região desde 2013

As indústrias da região de Campinas demitiram 900 pessoas no mês de fevereiro, pior resultado desde 2009, quando foram dispensados 2.450 trabalhadores. O segundo pior índice foi registrado há 3 anos, quando as demissões chegaram a 300.

Na comparação com fevereiro de 2015, o saldo é de 200 vagas a menos, já que há 12 meses foram contratadas 700 pessoas.

De acordo com o Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos (Depecon) do Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (Ciesp), o setor mais afetado no mês passado foi o de produtos de borracha e de material plástico, com -3,55. No acumulado dos últimos 12 meses, o setor de impressão e reprodução de gravações, acumula perdas do nível de emprego de -22,64%. “Provavelmente será ruim o ano todo”,avalia o economista da Facamp José Augusto Ruas, que participa da pesquisa mensal das indústrias.

Ano de 2015 devastador

As indústrias da região demitiram 9,4 mil funcionários em 2015, pior resultado do nível de emprego desde 2003, segundo dados Ciesp.

O número é 198,41% superior aos desligamentos do ano anterior, quando 3.150 trabalhadores foram dispensados.

E a crise no emprego das indústrias das 19 cidades associadas ao Ciesp não é nova. De 2012 a 2015 o acumulado de demissões chega a 25.550.

Perfil Ciesp

O Ciesp Campinas conta com 500 empresas associadas em 19 municípios e o faturamento é de R$ 37,18 bilhões/ano. Juntas, as indústrias empregam 91.176 pessoas. As cidades que fazem parte do Ciesp Campinas são: Campinas, Águas de Lindóia, Amparo, Artur Nogueira, Conchal, Estiva Gerbi, Holambra, Hortolândia, Itapira, Jaguariúna, Lindóia, Mogi Guaçu, Mogi Mirim, Paulínia, Pedreira, Santo Antônio de Posse, Serra Negra, Sumaré, Valinhos.

Fonte: G1

Posts Recentes