• Novembro de 2017
Home / Notícias

Notícias

Franca inaugura uma farmácia a cada 40 dias

Diferente de outros segmentos da economia, o ramo de farmácias e drogarias em Franca parece não saber o que é crise. Basta andar pelas principais vias da cidade para perceber o crescimento no número de estabelecimentos do tipo. Somente entre 2015 e a primeira quinzena de fevereiro deste ano, dez novas unidades foram inauguradas no município, praticamente uma a cada 40 dias.

A constatação tem por base os dados da Aprofran (Associação das Farmácias e Drogarias de Franca e Região) que indicam ainda a existência de 168 farmácias na cidade. Segundo o levantamento, ao longo do ano passado foram abertas seis farmácias/drogarias na cidade. Nesse ano, até o último dia 20 de fevereiro, outras quatro iniciaram atendimento à população.

Para o advogado da associação, Moacir Piola, o número é expressivo e demonstra um começo de saturamento do setor, principalmente após a chegada das grandes redes que se despontam entre as varejistas aqui instaladas. “Acredito que esse aumento está relacionado ao planejamento de expansão das redes de farmácias. Com o esgotamento dos grandes centros comercias, elas estão vindo para o interior em busca de mercado. Praticamente quase todas as redes já estão na cidade”.

A proliferação teve início em torno da Praça Nossa Senhora da Conceição, no Centro, se estendeu para a avenida Presidente Vargas e ultimamente atinge a região da Estação. A avenida Integração, por exemplo, em um raio de pouco mais de 500 metros, foi local escolhido para a instalação de três redes de farmácias em curto intervalo de tempo. “Se olharmos pelo lado do consumidor, é positiva essa expansão, porém como são estabelecimentos que lidam com saúde, venda de remédios, existe uma preocupação em torno da qualidade da prestação de serviços”, disse Piola.

Diretor do Conselho Regional de Farmácia em Franca, Wilson Rigoni, afirma não ter poder de controle sobre a abertura de novas unidades na cidade desde que as mesmas sejam regulares e com a presença de farmacêuticos. “Não há uma legislação municipal específica de zoneamento para o setor e não está entre as atribuições do Conselho Regional verificar abertura e fechamento de farmácias”.

Entre as recentemente inauguradas está a Drogaria São Paulo, que abriu sua segunda unidade em Franca em novembro passado na avenida Integração. Via assessoria, a rede afirma que o interesse por Franca ocorre “por ser um polo industrial que oferece oportunidade de crescimento”. Segundo o gerente de comunicação com o mercado do Grupo, Tuca Sardinha, a Drogaria São Paulo está em expansão, aumentando a presença em regiões em que já atua. “Desde 2010, quando inauguramos nossa primeira loja em Franca, fomos muito bem recebidos”, disse em relação a unidade instalada na avenida Presidente Vargas.

Posts Recentes