• Outubro de 2017
Home / Notícias

Walmart, Casas Bahia e Ponto Frio fecham lojas

Casas Bahia e Ponto Frio anunciam que continuarão com seu plano de reestruturação em 2016, conforme relatório divulgado pela empresa. Esse plano inclui corte de despesas com marketing, aluguéis, pessoal e logística. As lojas pertencem ao mesmo grupo de investidores (Via Varejo, do Grupo Pão de Açúcar) que fecharam 42 lojas em 2015, sendo 31 no último trimestre do ano.

Segundo o relatório, as lojas fechadas eram deficitárias, porém não informa sua localização. No último trimestre de 2015, foram 31 unidades fechadas, sendo 28 do Ponto Frio e 3 das Casas Bahia. O objetivo da empresa para 2016 é prosseguir com a adoção de medidas para chegar a uma estrutura mais enxuta, retomar as vendas e expandir sua presença no mercado.

O Grupo informou ainda que sua receita líquida entre julho e setembro de 2015 foi de R$ 4,1 bilhões, o que significou uma queda de 22,7% comparando-se com o terceiro trimestre de 2014. Avaliando apenas as lojas abertas há mais de um ano, a queda nas vendas foi de 24,6% no mesmo período e continua aumentando. O prejuízo estimado de julho a setembro de 2015 foi de R$ 4 bilhões.

Atual cenário de crise no país seria o grande culpado pela recessão, segundo o grupo, onde o consumidor tem o poder de compra cada vez menor, causando uma queda inédita no consumo. O encerramento das vendas nessas lojas começou em julho de 2015, quando o GPA (Grupo Pão de Açúcar) informou que 19 lojas seriam fechadas.

Outra medida tomada pela Via Varejo foi transformar lojas Ponto Frio em Casas Bahia. Até agora 36 lojas já trocaram de bandeira. O Grupo Pão de Açúcar (GPA) também é dono de algumas bandeiras de supermercados, como Assaí, Pão de Açúcar (que fundiu com o Sendas) e o Extra.

“A Via Varejo deve acelerar o plano de conversões visando um maior crescimento de vendas e rentabilidade”, diz o GPA em comentário sobre o desempenho de vendas do grupo.

O grupo informou ainda que seguirá apostando em iniciativas de melhoria nas vendas para a Via Varejo. A empresa tem investido na renovação da linha de móveis, categoria de produto com maior margem bruta.