• Maio de 2018
Home / Notícias

Notícias

BH: Comércio antecipa promoções com descontos de até 70%

As festas de fim de ano ficaram para trás, mas o colorido das vitrines deixa claro que a época de compras não terminou. Começou em dezembro a temporada de liquidações em Belo Horizonte. Nos malls, a previsão é a de que as campanhas oficiais, com descontos que chegam a 70%, terminem em 31 de janeiro. Nas ruas, os saldões, que foram antecipados, não têm fim. O motivo é simples: devido ao desaquecimento econômico, as vendas de Natal ficaram aquém do esperado.

A previsão era a de que as vendas de dezembro fechassem 2% abaixo do registrado no último mês do ano passado em 2014. De acordo com o diretor da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL-BH), Alessandro Rufino, no entanto, o resultado para muitas lojas foi pior. Com as liquidações, a previsão é a de que janeiro pelo menos empate com o ano passado.

“Em dezembro vendemos 20% abaixo do registro no mesmo mês de 2014. Foi muito ruim”, lamenta Kátia Maria Mamede, gerente comercial da Priori, loja de roupas femininas localizada na Savassi. A saída para ampliar as vendas foi antecipar as promoções, que estão mais agressivas.

De acordo com Kátia, janeiro de 2015 foi um ótimo mês para a loja. “Fizemos algumas promoções em janeiro, mas pouca coisa. Começamos a liquidar mesmo em fevereiro. Este ano, no entanto, começamos com descontos pesados”, diz. Os descontos na loja chegam a 50%. É possível encontrar peças casuais e de festas.

Quem comemora a antecipação das promoções é o proprietário da Promoshopping, empresa de comunicação visual, José Eduardo Campos.

Ele faz placas adesivas que são fixadas nas vitrines anunciando as liquidaçoes. Somente na Savassi ele plotou, na semana passada, pelo menos 35 lojas. “Estou surpreso. No dia 5 de janeiro os lojistas começaram a me ligar contratando o serviço”, afirma.

E as liquidações realmente chamam a atenção. A funcionária pública Marilângela Loredo aproveitou a temporada de descontos para comprar um presente para o sobrinho, mas não resistiu e entrou em várias lojas. “As placas atraem. Todas as lojas estão liquidando e algumas têm preços bem atrativos nas vitrines”, diz.

A auditora Denise Saggioro também se diz atraída pelo colorido dos anúncios. Ela foi à Savassi para trocar um presente que deu para a sogra. “Além de provavelmente trocar por uma peça mais cara, ainda devo levar alguma coisa para mim”, comenta.

Consumidor deve estar atento às ofertas para evitar problemas

Não há dúvidas de que as promoções são atrativas. Mas, para não levar gato por lebre e ter dor de cabeça no futuro, é preciso tomar alguns cuidados na hora de fechar negócios. O primeiro deles é se perguntar se realmente precisa do produto que está pensando em levar para casa.

Conforme afirma o gerente do Procon Assembleia, Gilberto Dias de Souza, sete de cada dez pessoas no Procon nos últimos meses foram negociar dívidas.

“As pessoas estão claramente comprando mais do que podem pagar. E o pior: muitas dividem no cartão de crédito e depois pagam apenas o mínimo, transformando a dívida em algo impagável”, afirma. Os juros do dinheiro de plástico no rotativo ultrapassam os 400% ao ano.

Verificar se a promoção é real é outra dica do gerente do Procon Assembleia. Ele ressalta que, de acordo com o Artigo 67 do Código de Defesa do Consumidor (CDC), fazer publicidade enganosa é crime, passível de três meses a um ano e multa. “Se o comerciante aumentar o preço antes e depois baixá-lo para fingir um desconto, por exemplo, é publicidade enganosa. E isso é crime”, enfatiza Souza. Ele ressalta, portanto, que para saber se o preço é bom, é necessário pesquisar com antecedência.

BH Shopping, DiamondMall e Pátio Savassi realizam a liquidação entre 28 e 31/01. Saldão do Boulevard será de 21 a 24. No Del Rey, as promoções serão no final do mês

Posts Recentes