• Novembro de 2017
Home / Notícias

Notícias

Com grandes investimentos, vitrines de Natal influenciam na compra

Ao passo em que se aproxima a época de festas, as principais capitais do mundo se transformam para as comemorações – e vendas – de Natal e ano novo. Parte disso são as famosas vitrines natalinas, que enfeitam lojas de grifes e departamento nas capitais da moda e tornam-se verdadeiras atrações turísticas.

O pontapé inicial de 2015 aconteceu ainda em em outubro, em Londres. A Selfridges, luxuosa multimarcas britânica, revelou sua decoração antes mesmo do Halloween: dividida nos 12 vidros da loja, as vitrines contam uma história com os 12 signos do zodíaco.

Logicamente, as mega produções não param por aí e a concorrência é grande. Neste ano, Nova York é palco das mais elaboradas vitrines natalinas, com direito a evento fechando completamente a Quinta Avenida apenas para a revelação dos trabalhos da Saks Fith Avenue. A loja transformou sua fachada de oito andares em um palácio de Natal: o tema da decoração é gelo, em suas mais variadas formas. A loja traz seis “maravilhas congeladas” do mundo, incluindo Taj Mahal e Coliseu.

Já na Bergdorf Goodman, também em Nova York, as vitrines têm o tema de “Brilliant Holiday“, um convite a visitar o recém-reformado salão de joalheria da loja. Na decoração, nada menos que sete milhões de cristais Swarovski na maior colaboração que a marca já fez. Ao “NYT”, Joshua Schulman, presidente da Bergdorf Goodman, diz que “é o maior investimento visual do ano, todos os anos”, sem especificar valores. Confira abaixo o vídeo da revelação da decoração na Saks Fifth Avenue.

Ainda que as grandes lojas e marcas não meçam esforços – e gastos – com as ações de final de ano, os resultados são bem expressivos. Segundo a SpendingPulse, plataforma de análise da MasterCard, quase 25% do total de vendas em lojas de departamento nos Estados Unidos acontece entre novembro e dezembro.

Já uma pesquisa da empresa NPD mostra que as vitrines influenciam na compra 24% do tempo. Prova disso são os investimentos que vão além da decoração em si: A Lord & Taylor promoveu show de Austin Mahone na relevação de suas vitrines e a Macy’s enfeitou todo o quarteirão que sua loja ocupa na Herald Square, em NY, com temas de Snoopy e Charlie Brown, atraindo os olhares das crianças.

Em Paris, a Galeries Lafayette apostou em decoração clássica dentro e fora da loja, contando ainda com a histórica árvore de natal do saguão. A Printemps teve Kate Winslet na inauguração de suas decorações.

A Harrods, em Londres, apostou em vitrines que remetem aos áureos tempos das viagens de trem pela Europa.

O céu é o limite na criação das vitrines de Natal. Veja na galeria algumas das principais decorações de Natal mundo afora.

Posts Recentes