• Outubro de 2017
Home / Notícias

Franquias esperam alta de até 30% nas vendas de fim de ano

As previsões feitas por economistas e entidades ligadas ao comércio indicam que pode haver uma queda no volume de vendas para o Natal deste ano. Para quebrar estes prognósticos, algumas redes de franquias apostam em ações diferenciadas para alavancar as vendas durante o período.

Para a Quinta Valentina, microfranquia que atua no segmento de venda direta de calçados femininos, as festas de final de ano e o reinicio das aulas têm grande impacto no volume de vendas. Neste período, são inúmeras as festas de confraternização e de amigo secreto. E é neste contexto que o sapato feminino se sobressai, tornando-se uma boa opção, se levarmos em consideração o custo-benefício. Segundo o sócio fundador, Renato Kuyumjian, o impacto no faturamento é positivo e chega a representar um aumento médio de 30%.

“A Quinta Valentina é inovadora em seu sistema de venda, pois une o franchising com a venda direta personalizada. A cliente recebe em sua casa uma shoes bag com, no mínimo, 20 pares de sapatos nos modelos e numerações solicitadas. A consumidora pode ficar com estes sapatos em casa por um determinado período, para poder experimentá-los com conforto e comodidade, combiná-los com peças de seu vestuário e ainda pedir a opinião de amigas ou familiares sobre a compra. Com isso, a cliente tem mais liberdade para escolher o que vai comprar”, revela Kuyumjian.

A marca trabalha com o conceito de fast fashion, sempre colocando novos modelos à disposição das clientes, independentemente das coleções. A coleção de Verão, por exemplo, traz rasteiras, gladiadoras e uma grande variedade sandálias de salto. Além disso, a rede também investe em campanhas, como a de Natal, que inclui a entrega de cartões de fidelidade às clientes e os descontos que marcam a data.

Já a Patroni, rede de franquia de pizzas, carnes e massas, decidiu explorar uma ação sazonal com foco em quatro novas opções de parmegianas. Para isso, firmou importantes parcerias de co-branding com marcas como McCain, Unilever e Sadia. Por meio desta iniciativa, será possível fidelizar os clientes e aumentar a frequência média nas lojas participantes, já que na compra dos quatro parmegianas em até 30 dias, o consumidor ganha o quinto.

“A estratégia de co-branding já é utilizada pela Patroni há mais de cinco anos. Graças as parcerias, customizamos produtos para gerarmos uma experiência exclusiva de consumo aos clientes. Paralelamente, as operações ganham notoriedade e diferenciação com relação a concorrência com produtos assinados por grandes parceiros do segmento da alimentação”, explica o presidente da Patroni, Rubens Augusto Junior.

A marca espera ter um impacto de até 30% na evolução das vendas neste último trimestre do ano, em relação ao anterior.

E seguindo essa tendência de boas perspectivas para as vendas de Natal, a rede de franquia de óculos solares e de grau Mercadão dos Óculos prevê um aumento de faturamento de todas as lojas espalhadas no país em torno de 15 a 20%.

Para conquistar esse objetivo, o sócio e diretor de expansão da rede, Gustavo Freitas, continuará com a estratégia de oferecer diversos produtos com preços competitivos no segmento. “Produzimos mais de 12 linhas de óculos de alta qualidade, além da marca própria, e tudo isso por pelo menos até 60% mais baixos que a média do mercado”, ressalta.

(Redação - Agência IN)

Fonte: Agência IN