• Outubro de 2017
Home / Notícias

Mercado de franquias espera crescer em 2016 com novos modelos de negócios

O mercado de franquias vem crescendo nas últimas décadas e deve encerrar o ano de 2015 com expansão entre 9% e 10% em relação ao ano anterior. Mesmo em momentos em que os desafios econômicos e políticos têm um impacto importante no PIB Brasileiro, como em 2015, ainda assim o franchising continua sendo um dos setores que mais crescem no Brasil.

É evidente que, em momentos menos turbulentos, este segmento poderá crescer ainda mais. Porém, convém imaginar um cenário mais conservador para 2016, pois sabemos que uma retomada a todo vapor da economia não acontece assim tão rápido.

De qualquer forma, a expectativa é que seja um ano de crescimento para o mercado de franquias – seja em aumento do faturamento, em número novas unidades e também pelo surgimento de mais empresas franqueadoras. A previsão, ainda, é manter um crescimento acima do PIB, o que sinaliza o potencial de boas oportunidades do setor.

Mas nem todas as marcas deverão apresentar resultados positivos no próximo ano. O crescimento acontecerá apenas para aquelas que de fato se empenharem em aprimorar suas redes, oferecendo treinamentos aos seus franqueados, diminuindo seus custos, lançando novos produtos e melhorando muito a experiência de consumo no ponto de venda.

As franqueadoras que obterão sucesso em 2016 precisarão ter "um olho para dentro e outro para fora" da rede. Ou seja, deverão se preocupar primeiro em crescer dentro da rede atual, fazendo com que cada um dos seus franqueados melhore seus resultados.

E, ao mesmo tempo, não poderão perder a oportunidade de trazer novos empreendedores para a rede, desde que eles tenham o perfil desejado e possam ser também os impulsionadores desse crescimento.

Outros movimentos que já iniciaram em anos anteriores no mercado de franquias devem se fortalecer em 2016, como o lançamento de modelos de negócios inovadores, seja na sua forma de apresentação ou na criação de novos mercados de consumo. Bons exemplos são os food trucks, lojas móveis e novos formatos de venda.

Também há sinal verde para as boas negociações em pontos comerciais, sejam em centros comerciais, Shopping Centers ou mesmo pontos de rua. Tanto na negociação de luvas, quanto de aluguéis. Como nos últimos anos foram lançados centenas de empreendimentos no mercado, os preços estão mais adequados ao potencial de faturamento, pois já há mais equilíbrio entre a oferta e procura.

Tudo isso fará de 2016 um ano propício para novos investimentos que estejam muito bem estruturados. Para você que é investidor, vale a pena ficar atento ao modelo financeiro do novo negócio, às perspectivas de expansão da marca e ao tipo de suporte que você irá receber do franqueador.

Por fim, todo mundo sempre pergunta quais segmentos terão mais destaque no mercado de franquias em 2016. Ainda bem que não existe uma única resposta – há espaço para empreender nos mais diversos setores.

Por isso, se eu pudesse dar apenas uma dica, ela seria a seguinte: para ter sucesso em 2016, será preciso estar atento aos detalhes e ao dia a dia da sua operação, aumentando os resultados e estando muito próximo do seu cliente final, independentemente do mercado em que vai atuar. Bons negócios!

FILOMENA GARCIA
Sócia-diretora da Franchise Store, é especialista em marketing e atua há 20 anos nas áreas de negócios, varejo e Franchising. Co-autora dos livros "Franchising - Uma estratégia para expansão de negócios e "Marketing para Franquias".

Fonte: UOL Economia