• Novembro de 2017
Home / Notícias

Notícias

Em meio à crise, consumidores se unem para comprar no atacado no Rio

Em meio à crise financeira que atinge o Brasil, consumidores estão se unindo no Rio de Janeiro para fazer compras no atacado e, assim, economizar na conta do supermercado. Conforme mostrou o RJTV, as grandes lojas de atacado registraram aumento de 8,5% no movimento.

A representante comercial Cristiane Freitas disse que gastava cerca de R$ 500 por mês com as compras de supermercado no varejo e depois que passou a comprar no atacado, a compra rende para dois meses. “Fabuloso comprar no atacado. Aqui você encontra variedade de produtos também e preço de atacado, que é o mais importante”, disse.

Além de economizar dinheiro, alguns consumidores contam que a compra por atacado economiza tempo. “Você acaba vendo que tem condições de estar comprando para um mês, dois meses. Vale muito a pena pra gente, evita de estar vindo ao mercado como a gente tem feito”, disse a representante comercial Gisele Gorjita.

Para o aposentado Geovani da Silva, as compras em atacado lhe representam um economia de até 15%. Ele faz compras para quatro casas da mesma família. “Café que pago R$ 9 no mercado comum, aqui estou pagando R$ 7.
As grandes lojas de atacado comemoram a invasão de clientes e o aumento de 8,5% no movimento. Já os supermercados registram queda de 1% nas vendas desde o início do ano. Para reagir, muitos estão fazendo promoções. Especialistas recomendam que o consumidor fique atento às melhores oportunidades de compra.

"Ainda vale a pena recorrer ao atacado ou atacarejo. Mas como 2015 é o ano das promoções, o varejo está passando pelo seu pior momento em 15 anos, o mercadinho da esquina, o pequeno estabelecimento comercial não tem margem de repasse de preços como tinha antes. Então, vale a pena diversificar e ficar de olho em promoções, nas oportunidades que aparecem na crise", destacou o economista Fabio Bentes.

Fonte: G1 Rio

Posts Recentes