• Outubro de 2017
Home / Notícias

Índice cielo aponta crescimento tímido do varejo em julho

Barueri, 14 de agosto de 2014 – A receita de vendas do comércio varejista brasileiro apresentou crescimento tímido pelo segundo mês consecutivo. As informações são do Índice Cielo do Varejo Ampliado (ICVA), divulgado nesta quinta-feira (14), e comparam o desempenho de julho de 2014 contra julho de 2013. A alta foi de 3,5%, descontada a inflação. Na receita de vendas nominal, a alta foi de 9,6%, na mesma base de comparação.

Se descontados os efeitos de calendário, o ICVA aponta que o varejo teria crescido 3,7% na receita deflacionada durante o mês de julho em relação ao mesmo mês de 2013. Nesse ano, o mês de julho teve uma quinta-feira a mais e uma segunda-feira a menos que em 2013, o que impactou positivamente o índice em 0,5 ponto percentual. Tipicamente, uma quinta-feira útil tem 16% a mais em vendas do que uma segunda útil.Por outro lado, os feriados decretados por conta dos jogos da Copa do Mundo, que terminou no dia 13 de julho, fizeram com que o índice deixasse de crescer 0,7 ponto percentual, descontada a inflação.

Ao comparar o ICVA deflacionado com ajustes de calendário, 3,7% registrado em julho contra 3,1% apontado em junho, conclui-se que o crescimento do varejo brasileiro manteve-se praticamente estável. “Vale a pena ressaltar que o ICVA de julho foi afetado, extraordinariamente, pelo efeito da deflação no setor de companhias aéreas - em junho, a inflação das aéreas ficou em 21,95%, de acordo com o IPCA. Em julho, o IPCA setorial ficou em -26,86%, o que impactou o índice deflacionado do setor. Excluindo esse efeito, o varejo apresentaria uma leve desaceleração”, explica Gabriel Mariotto, gerente de inteligência da Cielo.

Fonte: Divulgação