• Outubro de 2017
Home / Notícias

Lojas novas impulsionaram crescimento do varejo nos últimos 5 anos

O crescimento das redes varejistas nos últimos cinco anos foi impulsionado pelo ritmo de inauguração de lojas novas, em especial em segmentos como móveis e eletrodomésticos, farmácias e supermercados, constatou estudo promovido pela Cielo, com base em dados das transações do varejo processadas pela adquirente.

A média de crescimento das vendas no varejo nos últimos cinco anos foi de 11% ao ano, segundo o levantamento. O setor de móveis e eletrodomésticos, porém, registrou desempenho mais fraco: média de 9% ao ano.

O vice-presidente de Produtos e Negócios da Cielo, Dilson Ribeiro, destacou que grande parte da expansão do setor foi dependente de lojas novas: as inaugurações responderam por 4 pontos porcentuais da taxa de crescimento do setor de móveis e eletrodomésticos. Já no setor de drogaria e farmácias, que cresceu 15% ao ano no período, as inaugurações corresponderam a 3 pontos porcentuais do total da taxa de crescimento. Em supermercados e hipermercados, com taxa de crescimento de 13%, a expansão respondeu por 2 pontos porcentuais.

O peso das lojas novas indica que redes capitalizadas e com capacidade para manter inaugurações conseguem ganhar mercado, mesmo em períodos de desaceleração. O gerente da área de Inteligência da Cielo, Gabriel Mariotto, afirmou que a relevância das lojas novas no crescimento do varejo tem sido ainda mais notável em 2015, em razão da crise. "O que vemos é uma ampliação desse cenário, com a expansão em lojas sustentando ainda mais o crescimento", disse.