• Novembro de 2017
Home / Notícias

Notícias

Franquias mais novas têm mais mulheres no comando

Franquias mais novas estão optando por mulheres para ficarem à frente do negócio. É o que mostra a pesquisa divulgada nesta quarta-feira (19) pela Associação Brasileira de Franchising (ABF), que aponta que nas franqueadoras com até cinco anos de existência o percentual de mulheres em cargos executivos é de 40%.

O estudo mostra que esse comportamento é fruto de uma mudança no pensamento da gerência no franchising. Isso porque a participação feminina vai caindo no total de cargos executivos de acordo com que cresce o tempo de empresa. Entre as redes com seis a dez anos, o índice cai para 34%. Já entre as franqueadoras com mais de 10 anos, o percentual é de apenas 31%.

"O franchising tende a ser feminino, superando a tendência mundial de maior participação das mulheres no mercado de trabalho, se comparado aos índices das grandes empresas", afirma a presidente da ABF, Cristina Franco.

Apesar dos bons números entre as franquias mais novas, a pesquisa mostra uma realidade ainda difícil para as mulheres. No que tange ao pensamento de alternância no cargo gerencial, 71% das 241 redes pesquisadas não o consideram relevante.

"A pesquisa faz parte de um processo que nos dá o cenário global dessa tendência de mudança", explica Franco, acrescentando que quase metade (49%) das unidades próprias ou franqueadas ser tocada por uma mulher. "Hoje a mulher estuda, tem conhecimento. Em muitos casos em que não consegue ascender profissionalmente em companhias tradicionais, ela empreende".

Outros números

A pesquisa "Liderança Feminina no Franchising" ainda apontou que 33% das mulheres ocupam cargos executivos nas franqueadoras nas quais trabalham. Já a maioria, 60%, desempenha cargos mais simples.

Fonte: IG Economia

Posts Recentes