• Outubro de 2017
Home / Notícias

Inverno quente muda a cara das vitrines de lojas de Curitiba

Ande pelas ruas comerciais e shoppings de Curitiba. Com maior dificuldade, vai encontrar uma vitrine de alguma confecção com a moda inverno. Já bermudas, vestidos leves, camisetas e outras mais apropriadas para o clima quente estão lá. Isso é resultado do clima neste inverno diferente. Com temperaturas acima do normal para a estação desde o mês passado, os lojistas se apressaram em mudar suas fachadas e, anteciparam as liquidações de inverno e já mostram o que têm para a moda primavera-verão.

Ontem, Curitiba passou por mais um dia de temperatura alta e tempo abafado. E hoje, não deve ser diferente. Aliás, pela próxima semana não há perspectiva de mudança significativa nas temperaturas, que seguem amenas durante a madrugada e início da manhã, com rápido aquecimento até a metade do dia. A umidade relativa do ar também segue baixa na maior parte do Estado.


Esse movimento de antecipar a liquidação de inverno já era tendência por causa das vendas em baixa provocada pela crise econômica, e ganhou força com a falta de frio nos meses de julho e começo de agosto.

“Os comerciantes compraram achando que iriam vender igual ao ano passado, então teve que fazer promoção, pagar o preço para queimar estoque”, disse o presidente da ACP, Antonio Miguel Espolador Neto. Entre maio e julho a queda nas vendas ficou entre 10 e 12% na comparação com 2014.

Dia dos Pais — O consumidor pretende gastar menos com o presente do Dia dos Pais neste ano: o gasto médio para a data deverá ser de R$ 112,40, valor 48% inferior ao do ano passado. Os dados são de pesquisa de âmbito nacional realizada com 1.018 consumidores, pela Boa Vista SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito) e divulgada pela Associação Comercial do Paraná (ACP). A sondagem também mostrou que 57% pretendem gastar a mesma quantia ou menos do que em 2014.

Fonte: Bem Paraná