• Novembro de 2017
Home / Notícias

Notícias

Indústria corta R$ 53 bi em investimentos em 2015

São Paulo - A indústria de transformação brasileira vai investir 32,7% menos em 2015 do que no ano passado. O dado é de uma pesquisa da Fiesp que ouviu 1.205 empresas, sendo 271 de grande porte.

Segundo o estudo, enquanto em 2014 os investimentos feitos pelas companhias chegaram a 163 bilhões de reais, este ano os valores não devem passar de 109,7 bilhões de reais – um recuo de 53,3 bilhões de reais.

Consideradas apenas as grandes corporações, a quantia investida deve cair de 113,9 bilhões de reais em 2014 para apenas 80,5 bilhões neste ano – uma queda de 33,4 bilhões de reais (29,3%).

Em geral, os principais cortes serão feitos nos investimentos em máquinas, equipamentos e instalações (de 38%) e em gestão (de 23,7%). Já os valores aplicados em inovação serão 18% menores e em pesquisa e desenvolvimento, 25% menores.

Apesar da queda em números absolutos, os gastos com inovação devem ampliar sua participação no total de investimentos de 13% para 16%. Para a Fiesp, isso indica que o empresariado está buscando a redução de custos principalmente por meio de processos inovadores.

As razões

No ano passado, as empresas comprometeram 6,9% do faturamento com investimentos. Em 2015, essa parcela deve cair para 4,8%. A fatia daquelas que disseram que não vão investir também cresceu: em 2014 elas eram 19,4% do total e, agora, somam 44,4%.

Para as grandes empresas, os principais motivos que as impedem de investir mais são a carga tributária (apontada por 66% dos empresários) e o baixo crescimento da economia (41%). A expectativa de baixo retorno foi citada por 32% dos respondentes.

O levantamento não considerou as indústrias que fabricam o combustível mineral coque e produtos derivados do petróleo.

Fonte: Exame

Posts Recentes