• Outubro de 2017
Home / Notícias

MS: Shoppings sobrevivem à crise, mas lojistas temem queda nas vendas

Agravamento da retração econômica, com reflexo direto sobre o setor varejista de Mato Grosso do Sul, que no primeiro trimestre deste ano teve o pior resultado em 12 anos, com crescimento de apenas 1,1% segundo o IBGE, também começa a afetar uma fatia do segmento pouco impactado pelos reveses financeiros, os shopping centers de Campo Grande.

Embora todas as diretorias dos quatro centros comerciais da Capital informem crescimento nas estatísticas de vendas neste primeiro quadrimestre de 2015 em relação a igual período do ano passado — os números variam de 20% a 1%, conforme o empreendimento —, lojistas admitem que os resultados estão abaixo do esperado e não são considerados satisfatórios para todas as categorias.

Na tentativa de espantar o mau agouro da crise, shoppings apostam na abertura de novos empreendimentos nos próximos três meses, enquanto empresários investem em atendimento diferenciado e promoções para incentivar o cliente a retomar o consumo.