• Outubro de 2017
Home / Notícias

Irmãos criam segunda rede de franquias antes dos 30 anos

Depois de cinco anos no mercado de franquias, os irmãos Luiz Felipe, 29 anos, e Luiz Sérgio Costa, 27, acabam de abrir o segundo negócio juntos.

A rede Vizinhando – Espeteria de Bairro é uma franquia especializada em espetinhos, um misto de bar e restaurante. “Eu fui para Porto de Galinhas e vi um espetinho com fluxo muito bom. Pesquisei o custo de implantação da loja e em quatro meses montamos a operação”, diz Luiz Felipe.

Os dois são também sócios da Billy The Grill. O conhecimento em franquias de Luiz Felipe e a experiência em gastronomia de Luiz Sérgio foram somados a um time já conhecido de arquitetos e consultores de campo.

A princípio, as lojas teriam uma metragem pequena, de 40 metros quadrados, mas os planos mudaram rapidamente. “A ideia era ter lojas pequenas, mas o negócio foi tão explosivo que agora estamos mudando tudo”, afirma. As novas unidades terão área para 130 lugares e cardápio ampliado.

Para fazer o novo negócio crescer, a dupla buscou a rede de franqueados da Billy The Grill. “A meta de expansão é pé no chão, com sete lojas nesse ano. Todas serão de franqueados da outra rede. Eu fico feliz porque eles acreditam nos nossos negócios. Em 2016, queremos chegar a 20 lojas, todas no Rio de Janeiro”, afirma.

Depois de mapear todo o mercado carioca, as redes devem começar a expandir em outros locais. “A gente espera sair do Rio a partir de 2017. Eu estou mapeando algumas regiões como Belo Horizonte, Brasília, interior de São Paulo e Espírito Santo. Antes, a gente quer ser forte no Rio de Janeiro”, afirma.

O investimento inicial da nova franquia passou de R$ 210 para R$ 600 mil, podendo ultrapassar R$ 1 milhão. Os empreendedores usam um formato misto de investimento, unindo investidores e operadores como franqueados. “Eles dividem o risco e investem em mais negócios”, diz.

O ticket médio da Vizinhando será de R$ 45, com faturamento médio mensal de R$ 120 mil. O retorno pode levar de 24 a 36 meses.

Fonte: Revista PEGN