• Outubro de 2017
Home / Notícias

CDL acredita que vendas para o Dia das Mães serão abaixo do esperado

Câmara de Dirigentes Lojistas não prevê crescimento expressivo nas vendas para o Dia das Mães. Segundo o presidente da entidade, Miguel Faria, deverá haver um aumento com relação aos dias normais, entretanto, mantendo o mesmo índice do ano passado, de 3%, pois muitos consumidores estão precavidos diante dos problemas econômicos do país.

Comemorada no segundo domingo de maio – este ano será no dia 10 –, a data movimenta negócios direcionados ao público feminino. A procura é maior por produtos nos setores de vestuário, calçados, adornos pessoais e decoração/lar, artigos do lar, perfumaria, eletrodomésticos, eletrônicos, celulares, livrarias, CDs, joalherias, floriculturas, entre outros. “Esta é uma data muito importante para o comércio, os consumidores fazem questão de comprar presentes para a mãe ou sogra. Mesmo com os problemas econômicos, estamos otimistas, já distribuímos cartazes alusivos à data, as lojas estão se movimentando com o intuito de fomentar as vendas. Todos estão cautelosos, se não tiver crescimento, espero pelo menos que se mantenha o que nós vendemos em 2014”, explica.

Miguel acredita que as pessoas não deixarão de presentear as mães, porém pode não ser o mesmo tíquete médio de outros anos, que normalmente é de R$100. “O presente pode ser mais barato, mas com certeza as vendas serão mais intensas do que o cotidiano. E, além disso, o Dia das Mães esse ano será na semana do quinto dia útil, os trabalhadores estarão com dinheiro no bolso e com certeza comprarão presentes”, afirma Miguel Faria.

A expectativa é que o movimento se intensifique na véspera do Dia das Mães, 9 de maio. No sábado (9), as lojas estarão abertas ate as 18h e, no domingo, algumas também deverão funcionar para garantir aquele cliente de ultima hora. Vale lembrar também que, ao contrário do que se imaginava, as vendas de ovos de Páscoa superaram as expectativas neste ano. Muitos consumidores fizeram fila em lojas especializadas para comprar chocolate. Assim, diante da importância da data das mães, o movimento pode superar a expectativa nos dias que a antecedem.

Fonte: JM Online