• Outubro de 2017
Home / Notícias

E-commerce: veja como evitar fraudes bancárias e de cartões de crédito

De Infomoney – O e-commerce trouxe muitas vantagens para os consumidores: é possível fazer compras sem sair de casa, pesquisar os melhores preços e até adquirir produtos de outros países. Por outro lado, a quantidade de pessoas que sofrem com fraudes no cartão de crédito subiu.

O Brasil é quinto país no ranking mundial de golpes com cartão de crédito, ficando atrás dos Estados Unidos, México, Emirados Árabes e Reino Unido, sendo que um levantamento da Fundação Procon revela que um em cada três brasileiros já sofreram com algum tipo de fraude nos últimos cinco anos.

Segundo informações da Serasa Experian, o País teve prejuízos de R$ 2,3 bilhões em 2013 por causa de fraudes, sendo cerca de R$ 500 milhões em e-commerce e mais de R$ 600 milhões em operações bancárias.

O diretor da Lyra Network, empresa especializada na transmissão segura de transações financeiras, Jerome Pays, lembra que, apesar de ser uma dor de cabeça para o consumidor, quem sofre com as fraudes são os comerciantes, que arcam com 100% dos custos. "Os bancos se livram da responsabilidade afirmando que não tem como garantir que o consumidor é o dono do cartão que está sendo utilizado, já que não é preciso digitar a senha", explica.

Mesmo assim, não custa nada tomar alguns cuidados quando for fazer compras pela internet. Confira:

E-mail

É muito comum que as pessoas recebam newsletters ou e-mails promocionais de lojas conhecidas de varejo. Porém, em e-mails falsos, quando o consumidor clica no link, ele é direcionado para um site falso.

Símbolos

Quando for digitar os dados do cartão, confira se na frente da barra do endereço tem o desenho de um cadeado. Ele é o Certificado de Segurança Digital ou SSL, um arquivo de computador que contém informações referentes à loja.

Outro símbolo que pode aparecer na hora da compra é do PCI DSS – normas que garantem boas práticas no uso, manuseio e armazenagem de dados de cartão de crédito. O logotipo só aparece nos sites das empresas que cumprem as regras estabelecidas de segurança.

3D Security

As operadoras de cartão estão começando a utilizar a o sistema de segurança para pagamento 3D Security, que direciona o consumidor para o site do seu próprio banco na hora de realizar o pagamento. Dessa forma, a instituição verifica os dados do comprador e solicita senha e token. Segundo Pays, esse método é mais utilizado na Europa e os consumidores acreditam que traz mais segurança na hora de comprar pela internet.

Smartphone

Com os dispositivos inteligentes, o consumidor e o banco conseguem se comunicar com maior facilidade. Algumas instituições oferecem serviço de SMS que avisa quando acontece alguma movimentação na conta do cliente ou o quando o cartão é utilizado.

Pague com um clique

Outra medida que está começando a ser utilizada para evitar fraudes é o one-click-buying (pagamento com um clique, em tradução livre). A tecnologia funciona por meio do armazenamento de dados, evitando que os consumidores tenham que preencher formulários toda vez que forem efetuar uma compra.

Fonte: InfoMoney