• Outubro de 2017
Home / Notícias

Vendas de tablets no Brasil em 2014 subiram 13%, diz estudo de consultoria

Com aproximadamente 9,5 milhões de unidades vendidas, o mercado brasileiro viu um aumento de 13% nas vendas de tablets durante o ano de 2014, segundo pesquisa divulgada pela IDC Brasil. Em 2013, o número registrado foi de 8,4 milhões.

Segundo a análise da consultoria, o número de vendas de 2014 ficou abaixo do previsto pelos especialistas da companhia, que acreditavam que seriam comercializadas 10 milhões de unidades ao longo do ano.

Dos 9,5 milhões de tablets vendidos, 96% foram vendidos diretamente para consumidores finais, enquanto 4% foram para o mercado corporativo. “O tablet já não é mais uma novidade e há uma ‘canibalização’ do mercado, principalmente pelos lançamentos de phablets. Isso, aliado à má experiência de uso de aparelhos de baixa qualidade, impactou o desempenho”, afirma Pedro Hagge, analista de pesquisas da IDC Brasil. Para Hagge, as vendas também foram prejudicadas por fatores como a Copa do Mundo e a alta do dólar no fim do ano.

Outro segmento analisado pelo estudo da IDC Brasil é o de notebooks com telas destacáveis, que atingiu a marca de 31 mil unidades vendidas. “Acredito, porém, que o mercado deve crescer naturalmente. Para 2015, projetamos a comercialização de 200 mil unidades, o que corresponde a um crescimento de 500% na comparação com o ano passado", afirma Hagge.