• Outubro de 2017
Home / Notícias

BA: Lojas e shoppings mantêm ofertas para 'queimar' estoques; veja opções

O consumidor que não conseguiu aproveitar as promoções da Liquida Salvador, que terminou na última segunda-feira (9), ainda tem chances de conseguir descontos de até 75%. Isto porque, diante de um cenário crítico, os lojistas estenderam as promoções até o fim dos estoques.

Segundo o Sindicato dos Lojistas da Bahia (Sindilojas/BA), o lucro dos dez dias de queima de estoque foi 5% abaixo do esperado. Os números oficiais do período, entretanto, só serão divulgados pela Câmara de Dirigentes Lojistas de Salvador (CDL) entre sexta e segunda-feira.

“A tendência é que o varejo continue buscando formas de atrair o consumidor para as lojas. A Liquida Salvador, que é um evento de extrema importância para o setor, foi morna por conta da crise que nosso país se encontra. Tivemos um desempenho inferior ao ano passado”,diz o presidente do Sindilojas-BA, Paulo Motta.

“No entanto, a crise está tão séria que esperávamos algo pior. Isso mostra o quão forte é o evento no estado”, complementa. De acordo com ele, cada lojista deve definir até quando irá sua liquidação.

Descontos maiores

A loja Opção, por exemplo, não só continuou com as ofertas como as ampliou. “Depois desse período, o movimento cai. Para continuar atraindo clientes, resolvemos baixar os preços”, diz a inspetora de vendas do estabelecimento, Paloma Conceição.

Na loja, um modelo de vestido que custava R$ 119,99, durante a Liquida passou para R$ 89,99 e, agora, sai por R$ 29,99, o equivalente a 75% do preço inicial. “Os shorts custavam R$ 29,99 na queima de estoque. Baixamos anteontem para R$ 19,99. Já as calças coloridas estavam por R$ 89,99 e agora saem por R$ 69,99”, diz a vendedora.

Queima de estoque

Outras lojas do setor de vestuário também continuam com promoções. “Os descontos devem continuar até o final do mês ou até acabar o estoque”, assegura a gerente da loja de roupas masculinas Wavebeach, Manuela Santos. No estabelecimento, as camisetas e bermudas de tactel estão com descontos de até 60%.

Na loja Jeans Store, na Avenida Sete, blusas, shorts, vestidos, bermudas e calças também estão em promoção. “Trabalhamos com promoções o ano todo. Mas, como o movimento foi abaixo do esperado, resolvemos manter as oportunidades. As blusas foram de R$ 9,99 para R$ 4,99. Já os shorts custavam R$ 29,99 e custam R$ 14,99. Já os vestidos eram R$ 29,99 e estão por
R$ 9,99”, revela a gerente da loja, Valdeise Santos.

Calçados

Os calçados acompanham o guarda-roupa e também estão com descontos em lojas como a Grat's e a Leão de Ouro. “O momento não está favorável. Queremos queimar o estoque”, explica o gerente da Grat's, Manuel Francisco. “Nossos preços vão de R$ 29,90 a R$ 99,99”, diz.

Cuidadosa, a aposentada Iara Tavares, de 63 anos, aproveitou a tarde de ontem para pesquisar preços e adquiriu um tênis na Leão de Ouro. “Estava precisando de um tênis. Vi que algumas lojas estavam em promoção e acabei comprando um Mizuno, que estava R$179 e saiu por
R$ 134”, conta.

Já a doméstica Maria Ilza Souza, 49, aproveitou os descontos das camisetas na Cattan para renovar o guarda-roupa do marido. “Estava olhando as lojas. Algumas promoções valem a pena, outras nem tanto. Encontrei peças de R$ 9,99 a R$ 19,99”.

Outros setores

Entre os produtos com promoção no Shopping Paralela, que anunciou a extensão da temporada de liquidação em todos os setores, estão óculos de sol, nas Óticas Pop, de R$ 458,85 por R$ 230 e dez sessões de depilação, na Espaço Laser, com 70% de desconto, por R$ 399.

Já na Insinuante, poucos eletrodomésticos permanecem em promoção. “Uma TV de 51 polegadas da Samsung estava por R$ 1.900 e foi para R$ 1.599. Após a Liquida Salvador, colocamos em promoção uma TV da CCE de 39 polegadas, de R$ 1.099 por R$ 899”, anuncia o gerente da loja, Josenilton Moreira.

Setor de vestuário lidera descontos no final de março

Após ter iniciado o mês atraindo consumidores, sobretudo por conta dos baixos preços de eletrodomésticos e produtos de informática, o setor varejista da capital baiana aposta, agora, em descontos na venda de roupas. “O movimento no último final de semana foi muito grande, mal dava para circular na loja”, afirma a vendedora da Papel & Cia, Maria Lúcia Lima.

“Produtos como impressoras e roteador estavam em promoção e logo acabaram. Como são produtos muito úteis e custam mais caro, quando as pessoas veem que estão mais em conta, logo compram”, completa.

Ainda segundo a vendedora, a maioria dos produtos que antes estava em promoção já voltou ao preço anterior. “Geralmente, colocamos eletrodomésticos em promoção quando precisamos realmente acabar com os estoques”, explica o o gerente da Insinuante, Josenilton Moreira.