• Novembro de 2017
Home / Notícias

Notícias

BA: Programa vai transformar comércio da Av. Sete em maior shopping a céu aberto

Fazer da Avenida Sete de Setembro o maior shopping a céu aberto da América Latina. É este um dos objetivos da Prefeitura de Salvador, com o programa como Programa Território Empreendedor – Centro. Para apresentar as ações do programa, a Secretaria Municipal de Ordem Pública (Semop) realizou ontem (11) uma reunião com empresários da Av Sete, Av. Carlos Gomes, Joana Angélica, Baixa dos Sapateiros, Largo Dois de Julho e entorno.

O projeto inicial da Prefeitura era apenas reordenar o comércio irregular da região. A partir de tal ação, foi identificada a necessidade de uma revitalização mais extensa. “Nós observamos que não bastava apenas ordenar o comércio de rua – como foi feito nas 13 áreas que receberam, inclusive, investimentos em infraestrutura –, mas que também seria necessário um novo pensar sobre o Centro, para que ele volte a ser efervescente em termos de comércio”, explica a secretária municipal de Ordem Pública, Rosemma Maluf, durante encontro.

E é com os olhos no crescimento mercadológico que governo municipal quer transformar a mais importante área de comércio de rua de Salvador em um verdadeiro shopping a céu aberto. “Em síntese, o nosso objetivo é que a Avenida Sete seja o maior shopping a céu aberto da America Latina. Tem tudo pra ser. É uma região que tem um grande aglomerado de lojas, bancos, shoppings, entre outros serviços. O que nos precisamos justamente é pensar em conjunto, de forma integrada, e com ações sincronizadas”, justificou Maluf.

Para conseguir essa integração, reuniões visando estreitar relacionamento entre o governo, a sociedade civil organizada e a classe empresarial deverão acontecer constantemente. “Se nesse projeto não houver o comprometimento do empresariado, não vai adiantar tanto esforço da Prefeitura. Nós vamos fazer as intervenções físicas, mas não basta apenas isso. Precisamos fazer governança com um representante de cada instituição do setor empresarial, para discutir e planejar”, disse.

Um exemplo dessas ações que serão planejadas será o São João da Avenida Sete, onde será escolhida uma área – uma aposta da secretária é que seja a Praça da Piedade – para ser decorada e receber barracas para a venda de produtos típicos da festa junina, como são feitos nos shoppings centers.

Para todo o programa, a prefeitura conta com a parceria do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE), Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (SENAC), Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) e outras instituições. “Nós vamos dar infraestrutura, capacidade para que o comerciante possa fazer algo bonito e com profissionalismo. Por isso o SEBRAE e o SENAC estão conosco nessa parceria”, concluiu Rosemma Maluf. Também será criado um setor de marketing para divulgar a Avenida Sete de Setembro, a fim de atrair o consumidor.

Apoiando o programa Território Empreendedor – Centro, o SEBRAE irá estruturar as empresas para a nova concepção de projeto que a prefeitura está apresentando. “O Sebrae está entrando no projeto na visão de comércio de rua. Essa metodologia de revitalização de comércio de rua vai ser aplicada no território, onde a gente vai estruturar todos os pontos empresariais existentes neste território. Vamos trabalhar a gestão, diagnosticar e consultorias diretas a esses empresários. Estamos fazendo um investimento inicialmente, neste início ano, de R$ 594 mil. Este é o custo inicial”, revelou a gestora de projetos do SEBRAE, Idmara Dantas.

Posts Recentes