• Novembro de 2017
Home / Notícias

Notícias

Produção da indústria cresce em metade dos locais pesquisados

A produção industrial brasileira cresceu em 7 de 14 regiões em janeiro, segundo pesquisa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgada nesta terça-feira (10), com destaque para o desempenho de Pernambuco (13,5%), São Paulo (7,1%) e Minas Gerais (6,5%).

Considerando todas as regiões, a atividade fabril avançou 2% em janeiro na comparação com o mês anterior, após registrar perdas de 1,1% em novembro e de 3,2% em dezembro. A produção das indústrias de Goiás (4,4%), Espírito Santo (4,3%) e Santa Catarina (2,4%) também cresceram e ficaram acima da média nacional, ao contrário do Rio de Janeiro, cuja alta foi leve, de 0,2%.

Na contramão, estão os desempenhos da Bahia (-10,1%), do Paraná (-5,6%), do Rio Grande do Sul (-2,9%), do Amazonas (-2,3%), do Ceará (-2,0%), da Região Nordeste (-1,9%) e do Pará (-0,9%).

Na comparação com janeiro do ano passado, a indústria registrou queda de 5,2%, com 11 dos 15 locais mostrando retração. As maiores baixas partiram de Amazonas (-12,4%), Bahia (-12,1%), Paraná (-12,0%) e Rio Grande do Sul (-11,3%).

Santa Catarina (-8,0%), Região Nordeste (-5,9%) e São Paulo (-5,4%) também apontaram quedas mais acentuadas que a média nacional (-5,2%). Ceará (-5,1%), Minas Gerais (-3,7%), Rio de Janeiro (-3,1%) e Goiás (-2,1%) também apresentaram produção menor. Por outro lado, nessa mesma base de comparação, o Espírito Santo indicou alta de 18,2%, seguido por Pará (6,4%), Mato Grosso (5,2%) e Pernambuco (3,3%).

Em 12 meses, a indústria acumula queda de 3,5%. De 15 locais pesquisados,11 mostraram taxas negativas em janeiro de 2015. As principais perdas entre dezembro e janeiro foram registradas por Amazonas (de -3,9% para -5,6%), Paraná (de -5,5% para -6,6%) e Rio Grande do Sul (de -4,3% para -5,4%), enquanto Espírito Santo (de 5,6% para 7,3%) mostrou o maior avanço entre os dois períodos.

Fonte: G1

Posts Recentes