• Outubro de 2017
Home / Notícias

Curso de varejo e produção tem 580 vagas para jovens de Fortaleza

Estão abertas até 20 de fevereiro as inscrições para o curso de varejo, logística, produção e empreendedorismo, promovido pelo grupo Coletivo. São 580 vagas nas 7 unidades do Coletivo no Ceará. A inscrição deve feita pela internet até 20 de fevereiro. A capacitação começa no dia 23 de fevereiro e terá duração de oito semanas.

As aulas, teóricas e práticas, acontecem duas vezes por semana (segundas e quartas-feiras, terças e quintas-feiras, terças e quartas-feiras, quintas e sextas-feiras, dependendo da disponibilidade da ONG) por duas horas, nos Coletivos do Pirambu, Maraponga, Jardim das Oliveiras, Planalto Ayrton Senna, Jangurussu, Bom Jardim e Maracanaú. Há turmas disponíveis nos turnos da manhã e tarde.

A formação é uma oportunidade para jovens destas comunidades receberem capacitação para o exercício da profissão e construção de um futuro melhor. “Ao participar dos cursos, os jovens fortalecem sua autoestima e desenvolvem competências técnicas e comportamentais. Eles vivenciam uma intervenção pública na comunidade, exercitam a proatividade e a capacidade de resolver os desafios propostos.

A empregabilidade dos participantes e o aumento de autoestima são os principais resultados alcançados.”, afirma Deraldina Ramos, Gerente de Sustentabilidade e Responsabilidade Social da Solar BR Coca-Cola.

Ao longo da formação, os alunos da área de Varejo participam de atividades teóricas e práticas sobre empregabilidade, mercado e relacionamento. Assistem a palestras de profissionais de grandes empresas e participam de simulações de dinâmicas e entrevistas, além de utilizarem um game que simula as atividades de um mercado varejista.

No final do curso, os jovens têm a oportunidade de aplicar os conhecimentos, elaborando planos de negócios para comércios locais. Já o curso de Logística & Produção prepara os jovens nos temas voltados para a operação das fábricas, tais como: produção, armazenagem, estocagem, manuseio e segurança.

Fonte: G1