• Novembro de 2017
Home / Cases

Cases

Tok & Stok

02.jpg
Quem entra nas lojas Tok&Stok fica facilmente fascinado. Seja pela grandiosidade ou pelos ambientes projetados por designers renomados, os clientes imaginam se tratar de uma empresa nova no mercado, devido aos produtos sempre em consonância com as mais modernas tendências mundiais. Além disso, o consumidor tem a sensação de estar passeando em um shopping center, onde ele circula livremente e encontra pequenos móveis, luminárias, tapetes e inúmeros acessórios complementares à montagem e decoração de qualquer cômodo. E com a facilidade de encontrar tudo para a casa e o escritório no mesmo lugar.
A história

Um casal chega ao Brasil vindo da França e não consegue encontrar nas lojas móveis disponíveis para pronta entrega que unissem design moderno e qualidade. Foi assim, percebendo essa deficiência do mercado, que os franceses Régis e Ghislaine Dubrule decidiram criar a Tok & Stok. O nome resume bem o conceito inovador que seus fundadores desejavam implantar no país: a palavra “Tok” refere-se ao design arrojado de seus produtos e “Stok” menciona a disponibilidade desses móveis para retirada imediata. A cidade de São Paulo teve o privilégio de conhecer, em fevereiro de 1978, a nova proposta em vendas de móveis que os 80m² da primeira unidade Tok&Stok, localizada na avenida São Grabriel, apresentavam. Procurando vender seus produtos de maneira individual, e não “em conjunto” como praticado na época pela maioria das lojas do setor, a empresa proporcionava a seus clientes a montagem de ambientes da maneira que desejassem. Além disso, esse sistema aberto permitia ao cliente realizar a decoração de seus espaços conforme a sua disponibilidade financeira.
04.jpg
Todos os produtos, etiquetados com os preços individuais e propostos dentro de um conceito de modulação (composições que podem ser montadas com elementos vendidos individualmente), eram expostos visivelmente, proporcionando um maior contato do cliente com o produto. A primeira coleção de móveis era estruturada em três linhas: tubular, bambu e madeira clara. A linha tubular era composta por produtos de uma empresa sueca, Innovator Design AB, que começou sua história no Brasil junto com a Tok&Stok trazendo produtos de design de vanguarda.
O sucesso do empreendimento foi traduzido pela enorme quantidade de aparições na mídia (capas de revistas de decoração) e pela rápida necessidade de expansão física. Com apenas sete meses de funcionamento a loja precisou ampliar sua área para 600m², devido ao crescimento da coleção.

Um ano depois da inauguração, os cariocas da Barra da Tijuca – região que na época não apresentava uma grande variedade comercial – também puderam conhecer os benefícios das lojas Tok&Stok. As vendas da pequena rede tornaram-se tão fortes que já em 1981 foi preciso abrir o primeiro deposito. Com 3 lojas em funcionamento, a empresa iniciou a elaboração do seu primeiro catálogo de produtos, que tinha o enfoque de apresentar a coleção e permitir ao consumidor fazer o seu próprio orçamento e projeto de decoração. Elaborado em papel craft, com desenhos, esse catálogo informava o código, dimensões e acabamentos dos produtos. Em 1983, a rede que já contava com 5 lojas, inaugurou uma enorme unidade no bairro de Pinheiros, em São Paulo. Com uma estrutura inicial de 1.750m² a loja era e ainda é a maior da rede, porém hoje possuí mais de 5.500m² de área. Nessa unidade, foram montados ambientes que formavam uma casa completa. Essa exposição dos produtos pôde demonstrar como se daria de maneira prática a sua ambientação no cotidiano dos consumidores, facilitando um maior interesse por parte dos clientes.

No ano seguinte foi inaugurada a unidade do Casa Shopping, na Barra (Rio de Janeiro), sendo pela primeira vez uma loja concebida “sob medida” para a Tok&Stok: em um espaço previsto inicialmente para ser uma loja de material de acabamento, foi possível adaptar durante a construção a circulação e as instalações, planejando tudo da melhor forma. Aparece assim, a entrada com escada, a circulação dirigida, a torre de atendimento e auto-serviço na seqüência, terminando por um pequeno auto-serviço de móveis em conexão direta com o depósito e a saída final com check-out. A loja do Shopping Lar Center, em São Paulo, surgiu em 1987 e trouxe com ela um novo espaço: o Café Design. Esse novo serviço permitiu aos visitantes um espaço para fazer uma refeição rápida ou somente apreciar um bom café no estilo francês. Com o tempo, o Café Design ganhou mais uma função: a de ser um ambiente voltado à exposição de peças exclusivas de renomados designers. Para a inauguração desta nova loja a empresa lançou uma coleção de produtos do badalado designer Philippe Starck entre outros destacados nomes internacionais.

O ano de 1989, além de trazer a nova loja de São José dos Campos (São Paulo), apresentou inovações operacionais. O primeiro sistema informatizado, “SL” (Sistema Loja), foi desenvolvido e implantado pela equipe de TI da empresa. Com ele, a Tok&Stok pôde melhorar significativamente o atendimento aos clientes e passou a ter um maior controle das rotinas realizadas pelas lojas. Em 1990, na sua contínua busca pela informatização, a empresa implantou o primeiro sistema integrado de gestão de compras e estoques, no depósito central, facilitando o gerenciamento logístico. O momento de maior crescimento da rede se deu no ano de 1994, alavancado pelo sucesso do Plano Real. O faturamento da rede cresceu 70% de 1992 a 1994 e a quantidade de itens vendidos subiu de 6.000 para 10.000. Não foi por acaso que nesse ano a empresa recebeu como reconhecimento de seu sucesso o prêmio “Marketing Best” do ano.
A partir daí, a rede só conquistou índices ascendentes. Diante dos vários aspectos pioneiros da empresa, o que mais desafiou a equipe da Tok&Stok foi do sistema de etiquetas de códigos de barras e leitores óticos. Criado em 1995, facilitou o domínio sobre todas as operações referentes a mercadorias que a empresa dispunha para venda. Em 1998, com ares renovados e ainda mais modernos, a empresa aproveitou esse momento e no mesmo ano colocou na Internet a primeira versão de seu site. Mesmo com uma cara ainda muito institucional, essa ferramenta ajudou a afirmar a Tok&Stok como uma empresa atenta às novidades. 
03.jpg
Já em 2001 foi lançada a segunda versão do site, agora totalmente remodelado, com canais de “chat” e “info”, que permitiam comunicar-se com os clientes e atendê-los através da Internet. Foi também com esse novo site que a empresa possibilitou as vendas pela Internet. As inovações na busca de um melhor atendimento ao cliente não pararam.

Em 2002, as lojas começaram a dispor de uma ferramenta CAD que auxiliava os vendedores a realizarem projetos de decoração com rapidez. Assim, os clientes podiam participar da idealização do ambiente, realizada na hora por profissionais qualificados. Esses arquitetos, com a ajuda dessa ferramenta, sugeriam soluções de ambientação tendo como apoio uma espécie de catálogo com todos os produtos que a rede comercializava. Para consagrar o sucesso da rede, o ano de 2004 veio com muitos prêmios. A empresa foi a primeira organização latino-americana a receber o Global Innovator Award, reconhecendo a Tok&Stok entre as 5 melhores lojas do mundo no segmento de acessórios para casa e presentes. Em 2005 a empresa continuou a conquistar prêmios. Foi então que lançou um novo padrão de loja: a mega-loja Tok&Stok. Eram unidades maiores, com mais espaço para ambientes e produtos serem expostos. Também foi implantado um novo serviço no site destinado aos noivos, permitindo a eles criarem uma área dentro do site personalizada sobre o seu casamento. O Café Design também ganhou destaque e seu cardápio foi renovado, incluindo novos pratos assinados pela chef Ana Soares. Eram diversas opções de almoço e jantar com muita sofisticação. Uma livraria especializada em decoração, design, culinária e afins, também foi uma novidade presente nas novas lojas. Nos anos seguinte a rede continuou crescendo com a inauguração de novas lojas em novos mercados espalhados pelo país.
Inovações e serviços

Inovação é a palavra-chave para o sucesso da Tok&Stok. A empresa busca ter em mente esse diferencial desde sua criação até os dias atuais, quando disponibiliza em suas prateleiras mais de 8 produtos novos por dia. A empresa disponibiliza também catálogos, desde os tempos em que era apenas uma pequena rede com 3 lojas em funcionamento. Eles são atualizados anualmente, de acordo com o surgimento de novas linhas de produtos e tendências. Assim, o cliente pode escolher calmamente os produtos para sua maior satisfação. Embora os produtos da empresa sejam embalados para pronta retirada de modo a caber no carro do cliente, se ele preferir, pode contar com o serviço de entrega e montagem. Profissionais treinados cuidam de todo esse processo, possibilitando maior comodidade aos consumidores. Há ainda serviços de assistência técnica, de projetos de decoração e até mesmo uma área chamada Baby Stok, criada para que os pais possam deixar seus filhos se divertindo enquanto passeiam pelos corredores das lojas que mais parecem shoppings.
01.jpg
A marca no Brasil

Atualmente a empresa, maior rede brasileira de móveis e utensílios domésticos, conta com 34 lojas espalhadas por 18 cidades brasileiras. São mais de 130 mil m² destinados a atender as necessidades dos consumidores que buscam acessórios de decoração e móveis. Seus funcionários, mais de 2.200, procuram sempre atender os clientes com agilidade e criatividade, oferecendo produtos que estão em sintonia com as novas tendências mundiais.
Você sabia?

● Todos os dias, em todas as lojas da rede, é possível encontrar produtos que levem a etiqueta Ponto Vermelho, significando que eles ficam temporariamente com preço reduzido.

● Agilidade e criatividade fazem parte da filosofia da empresa e isso pode ser comprovado pelo ritmo de lançamento de produtos: mais de oito produtos novos são colocados por dia em suas prateleiras, contabilizando a exposição de 9 mil itens e a comercialização de mais de 1 milhão de unidades por mês. Essas mercadorias são provenientes de mais de 600 fornecedores do Brasil e do exterior.

Por Blog Mundo das Marcas - www.mundodasmarcas.blogspot.com.br
As fontes: as informações foram retiradas e compiladas do site oficial da empresa (em várias línguas), revistas (Isto é Dinheiro, Exame e Época Negócios), jornais (Valor Econômico), sites especializados em Marketing e Branding (Mundo do Marketing) e Wikipedia (informações devidamente checadas).

Posts Recentes