• Outubro de 2018
Home / Artigos / Vendas

Vendas

Principais tendências do e-commerce e...

Principais tendências do e-commerce em 2018 para empresas brasileiras

Nos últimos anos, as empresas brasileiras se viram obrigadas a comprovar a máxima de que é na crise que surgem as oportunidades. Para 2018, as projeções apontam para um crescimento de 2,38% da economia brasileira. Anteriormente, essa estimativa estava em 2,30%. Os números constam do Boletim Focus, documento semanal elaborado pelo Banco Central com estimativas de cerca de 100 analistas. O aumento da projeção para o PIB ocorre após o avanço da economia no segundo trimestre do ano. No período, a economia cresceu 0,2%, acima do esperado diante do aumento surpreendente do consumo das famílias. Diante desse cenário, o próprio Banco Central reviu em um relatório suas projeções para a economia. Em 2018, a instituição aposta em um crescimento ainda maior, de 2,2%.

Diante deste cenário mais otimista, conhecer bem o mercado em que se atua e acompanhar as inovações empresariais são algumas das premissas que auxiliam as empresas à traçar metas realistas, encontrar meios de se diferenciar e se destacar entre seus concorrentes e nada melhor que se antecipar as tendências de marketing e adaptar os processos de sua empresa às novas exigências do comércio.

A experiência de compra personalizada é uma tendência que mais chama atenção, pois apesar se não ser nenhuma novidade, em 2018 ela estará mais forte do que nunca. Será baseada no histórico de navegação dos usuários e nos dados obtidos pela própria interação com a loja virtual. A opção de apresentar produtos similares aos já visualizados serve como um exemplo dessa personalização. Contudo, sabe-se que é necessário ir muito mais além, fazendo com que a plataforma de e-commerce atue diferentemente para cada cliente, criando conteúdos que serão enviados e mostrando que ele foi feito especialmente para ele e gerando assim um senso de exclusividade.

Aumento das compras no mobile é também uma das tendências que mais deve ser explorada em 2018, pois a cada dia se nota que os consumidores estão abraçando inteiramente as compras online em seus celulares e, principalmente as gerações mais novas, estão dando preferência à simplicidade e usabilidade. A prova de toda esta conectividade foram os resultados informados pela Ebit referente a Black Friday de 2017, em que o comércio eletrônico registrou faturamento de R$ 2,1 bilhões. O resultado representou uma alta de 10,3% na comparação com 2016, quando o segmento teve faturamento de R$ 1,9 bilhão. O número de pedidos cresceu 14% e chegou a 3,76 milhões. O tíquete médio, isto é, o valor de cada compra teve retração de 3,1%, passando de R$ 580 para R$ 562, na comparação entre os anos.

“O cliente se digitalizou e ampliou o seu poder de decisão, ele está mudando seus hábitos de compras e vai à loja física informado sobre o que deseja. O consumidor da Era Digital quer encontrar tudo no menor tempo possível e com mais facilidade, podendo comprar a qualquer momento e as empresas que ignorarem essa transformação estão destinadas a perder gradativamente visibilidade e oportunidades de negócios, observa Pâmela Ribeiro, Commercial Strategy Manager da empresa Comtele (www.comtele.com.br). Ela ainda complementa que “ficar atento às novas tecnologias, deixa de ser uma tendência para virar uma necessidade para as empresas que desejam evoluir e conquistar seu espaço no concorrido mundo do e-commerce”.

Adotar uma cultura de inovação dentro de seu negócio é uma maneira interessante de se adequar às novas exigências de mercado, aumentando a produtividade e economizando dinheiro. Dessa forma, acompanhar o surgimento de novas tecnologias e assim buscar aplicá-las em sua empresa se torna essencial para sua evolução.

Em momentos de grande concorrência, estar antenado as tendências de mercado é imprescindível para se ter uma visão mais realista e conseguir tomar decisões mais acertadas e assim conseguir se manter sempre nas das opções de compra dos consumidores.

Fonte: https://exame.abril.com.br/negocios/dino/principais-tendencias-do-e-commerce-em-2018-para-empresas-brasileiras/

Posts Recentes