• Dezembro de 2017
Home / Artigos / Vendas

Vendas

E-commerce brasileiro: evolução da Bl...

E-commerce brasileiro: evolução da Black Friday em anos de crise

O segundo maior evento do comércio eletrônico brasileiro está para começar. À meia-noite do dia 24/11 será dada a largada oficial para a Black Friday 2017, e a expectativa para o faturamento no e-commerce nunca foi tão alta.

Mesmo em anos de crise, o setor se mostrou forte, com aumento no faturamento em 2015 e 2016. Com o intuito de demonstrar esta evolução, a vitrine virtual UmSóLugar desenvolveu um infográfico listando os eventos de maior impacto no e-commerce brasileiro e a conquista do segundo lugar no pódio pela Black Friday, em 2016.


 
faturamento-de-vendas-no-77.png
 

Fonte: Ebit Informação – www.ebit.com.br

Segundo dados da E-bit, empresa especializada em informações do comércio eletrônico, apesar da desaceleração do varejo nos anos de crise, o e-commerce mostrou expressivos +15% de faturamento, em 2015, registrando 41,3 bilhões em vendas. Em 2016, o setor fechou o ano com número ainda melhores, faturando R$ 44,4 bilhões, ou seja, um crescimento nominal de 7,4%.


 
evolucao-bf.png
 

Fonte: Ebit Informação – www.ebit.com.br

A Black Friday, que no começo trouxe bastante desconfiança aos consumidores, acabou por garantir seu lugar ao sol poucos anos após estrear em solo nacional, em 2011. Ao menos no que diz respeito a vendas online o evento bateu o segundo lugar em faturamento, nos anos de 2015 (R$ 1,64 bi) e 2016 (R$ 1,90 bi), ficando atrás apenas do Natal e superando datas tradicionais, como Dia das Mães e Dia dos Namorados. 


 
datas-varejo.png
 

Fonte: Ebit Informação – www.ebit.com.br


Durante todo o ano, o e-commerce brasileiro é movimentado por importantes eventos que já fazem parte do calendário do consumidor, como datas comemorativas, feriados e ofertas sazonais. Dentre eles, alguns se mostraram especialmente relevantes para o setor em termos de faturamento, nos últimos dois anos, como o Dia das Mães (R$ 1,51 bi) e 2016 (R$ 1,62 bi), o Dia dos Pais (R$ 1,51 bi) e 2016 (R$ 1,76 bi), e o Natal (R$ 7,40 bi) e 2016 (R$ 7,7 bi).

O que esperar do ano de 2017

O relatório Webshoppers 36 mostra que o e-commerce já faturou R$21 bilhões no primeiro semestre de 2017, apontando um crescimento nominal de 7,5% ante o mesmo período de 2016, e a estimativa é de que o mercado volte a registar expansão de dois dígitos, atualizando para 10% a expectativa de crescimento no acumulado do ano.

A Black Friday, por sua vez, tem um papel fundamental nas perspectivas para o segundo semestre de 2017, juntamente com Dia das Crianças e o Natal. Num estudo realizado pela Google Brasil/Provokers sobre as expectativas para Black Friday 2017, 68% dos entrevistados declararam sua intenção de fazer compras nesta edição, o que representa 7% mais pessoas que no ano passado.

Fontes: Ebit, Webshoppers 36, Thinkwithgoogle.com


Posts Recentes