• Novembro de 2017
Home / Artigos / Vendas

Vendas

5 fatos que marcaram o varejo em 2015

Por Celso Marquez

Ao analisarmos os noticiários de 2015 de forma macro afirmamos, sem dúvida, que foi um ano marcado por forte crise, aumento do dólar, pedaladas fiscais e inflação ultrapassando a casa dos dois dígitos, mas você ficou por dentro dos acontecimentos do varejo?

Confira agora os 5 fatos mais marcantes no varejo em 2015.

1- Carrefour registra alta de 7,4% nas lojas abertas há mais de um ano

A rede Carrefour surpreendeu a todos no ano de 2015 ao anunciar em outubro um crescimento de 7,4% no conceito mesmas lojas – lojas abertas há mais de um ano, enquanto a rede Pão de Açúcar registrava crescimento de apenas 3,3% no mesmo período.

Os resultados anunciados por ambas companhias repercutiram mundo a fora e segundo o banco Credit Suisse, os números evidenciaram ganho de Market share do Carrefour sobre o Grupo Pão de Açúcar e que os resultados refletiram diferentes ritmos das companhias.

2- Casino apura roubo de estoque

O grupo francês Casino, detentor da empresa de comércio eletrônico Cnova, iniciou um processo de investigação em dezembro de 2015 para apurar irregularidades na gestão de estoques no Brasil.

Segundo a notícia, a investigação tentará confirmar se funcionários do grupo estavam revendendo produtos devolvidos nos últimos 5 anos. Se confirmado o prejuízo seria de R$ 60 milhões.

3- Vendas do varejo paulista têm maior queda desde 2008

As vendas do comércio varejista registraram queda de 12,2% em setembro de 2015, na comparação com o mesmo mês do ano anterior. Segundo a Fecomercio, esse foi o maior recuo desde 2008 e a federação alertou que não há sinais de recuperação nas vendas.

4- Walmart inicia fechamento de 30 lojas no Brasil

A rede Walmart anunciou em dezembro de 2015, por decisão de sua matriz americana, o fechamento de 30 lojas no Brasil. Além da crise que afeta o cenário brasileiro, fontes do mercado especulam uma série de erros de execução do Walmart no Brasil.

Segundo especialistas, a insistência no “Preço Baixo Todo Dia” em um país movido por ofertas é um dos problemas que faz com que o Walmart perca participação no mercado brasileiro.

Vale destacar que a rede varejista não divulgou o número exato de lojas a serem fechadas, mas sabe-se que entre elas estão lojas das bandeiras: Todo Dia, Mercadorama, Big, Bom Preço, entre outros. 

5 – Magazine Luiza pretende fechar capital

Em dezembro de 2015 a presidente do conselho de administração da varejista Magazine Luiza, Luiza Helena Trajano, disse que a empresa poderia considerar fechar o capital, diante da queda do valor das ações e da redução dos papeis negociados no mercado. Porém o futuro presidente-executivo da empresa, Frederico Trajano, foi mais cauteloso e na oportunidade afirmou que a empresa não tem esta intenção.

Informações retiradas dos sites: Estadão, Exame e Fecomercio. 

Sobre o autor:
Celso Marquez Filho - Um paulistano aficionado pelo varejo e hábitos de consumo, que gosta de expor a sua própria opinião sobre os fatos. Graduado em marketing e pós-graduando em administração pela Fundação Getúlio Vargas, busca sempre ver o mundo por um outro prisma.

Posts Recentes