• Novembro de 2017
Home / Artigos / Operações

Operações

A logística promocional, um mercado ainda pouco conhecido

Por Flávio Augusto Abrunhoza Filho

 
Um evento sem material de comunicação, cenário, uniformes, produtos? Ou um produto no PDV (ponto de venda) sem comunicação visual? Com certeza são ações em risco, onde todo o planejamento pode ficar sem resultado. É por isso que as ações promocionais têm ganhado cada vez mais força dentro das empresas. Estudos mostram que a eficiência desse tipo de ação é maior do que as campanhas de publicidade. Por trás do cafezinho servido no supermercado ou da amostra grátis daquele novo creme há um processo chamado logística de material promocional.

A logística promocional compõe-se de várias etapas. Inicia-se com o recebimento do material, passando pela armazenagem, gestão de estoque até a montagem de kits, transporte e positivação (instalação) nos pontos de venda. Alguns operadores também oferecem ao cliente os serviços de logística reversa, responsável pelo envio dos resíduos e materiais obsoletos das ações a canais adequados.

Em profunda expansão, o setor logístico de material promocional indica uma demanda crescente devido ao reconhecimento da eficiência desse tipo de ação e também em razão dos grandes eventos esportivos que serão sediados no Brasil nos próximos anos. Com isso, surge a necessidade de empresas inovadoras e com projetos  logísticos arrojados. Operadores estagnados no tempo estão muito distantes da necessidade atual do mercado e, por isso, colocam em risco a operação daquele “que busca apenas pelo menor preço” – cliente esse que, felizmente, vem desparecendo do cenário.

Operadores logísticos de material promocional precisam trabalhar atentos ao tempo durante todo o processo. Pontualidade nesse setor é o diferencial que determina o sucesso ou insucesso de uma ação. E por mais simples que possa parecer, por mais que seja uma obrigação, há diversos casos em que prazos não são cumpridos. Assim, é importante que a empresa que contrata o serviço de um operador saiba o seu histórico de ações no mercado e o comprometimento não só com o prazo, mas com o cliente.

Outro ponto importante e fator de lutas constantes é o sistema de transporte no Brasil. Se prazo é de suma importância dentro das ações promocionais, o atual modelo de transporte não contribui para a viabilização do cumprimento de entregas, distribuição e positivações. Nos períodos de chuva, por exemplo, as péssimas condições das estradas podem motivar atrasos, pois os veículos não conseguem atingir seu melhor desempenho, além de aumentar gastos com combustível e manutenção e, principalmente, o tempo de entrega.

A questão fiscal no Brasil é outro ponto a ser levantado. Devido à guerra entre os Estados e à má legislação do ICMS, as barreiras fiscais entre os Estados acabam gerando interpretações confusas e diversas, o que pode acarretar na retenção de produtos e até mesmo o pagamento de multas por conta de diferenças de alíquota. Mais um motivo que para o cliente pode significar atraso e transtorno.

Para que esse mercado continue crescendo de forma sólida e saudável, todos os braços precisam se juntar. Autoridades, órgãos governamentais, operadores logísticos e clientes precisam estar alinhados às reais necessidades do mercado, construindo bases importantes para o crescimento de cada um e da economia brasileira.

 
Flávio Augusto Abrunhoza Filho é diretor geral e proprietário da Autlog.

Posts Recentes